previous arrow
next arrow
Slider

Saúde, Direitos Humanos e COVID-19 – Dia Internacional dos Direitos Humanos

“Recover Better – Stand Up for Human Rights” é o tema da edição deste ano para comemorar o dia em que a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou, em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos. A Direção-Geral da Saúde, através do Programa Nacional de Prevenção da Violência no Ciclo de Vida, para assinalar a data, sensibiliza para a importância da promoção dos direitos humanos e prevenção da violência numa perspetiva de ciclo de vida em contextos de saúde.

Na primeira fase do estado de emergência e calamidade, a Rede Nacional de Núcleos de Apoio a Crianças e Jovens em Risco e Equipas de Prevenção de Violência em Adultos do SNS, existente em cuidados de saúde primários e hospitalares, recebeu 2084 novas sinalizações (1625 crianças e 459 adultos/as) e manteve acompanhamento de 5466 situações, na sua maioria relacionadas com violência doméstica em contexto familiar e/ou de relações de intimidade (4435 crianças e 1031 adultos/as).

Ajustando a sua atividade às contingências da atual fase pandémica, também em matéria de recursos humanos e técnicos, a Rede estabeleceu articulação local com respostas no âmbito do Sistema Nacional de Promoção e Proteção de Crianças e JovensRede Nacional de Apoio a Vítimas de Violência DomésticaRede de Apoio e Proteção a Vítimas de Tráfico de Seres Humanos, Entidades Judiciárias, entre outras.

Mais informação: 

Consulte a infografia:

 Saúde, Direitos Humanos e Prevenção da Violência na Pandemia por Covid-19 – Sou profissional de saúde – como atuar? 

Fonte:DGS

Saúde, Direitos Humanos e COVID-19 – Dia Internacional dos Direitos Humanos
Voltar
RSE - Area Cidadão
felis tristique libero Nullam Curabitur efficitur. ut porta. Donec non