Consulta de Saúde do Viajante

A consulta de saúde do viajante destina-se aos cidadãos que pretendam viajar para fora da Europa. As consultas de saúde do viajante são efectuadas por médicos especialistas em doenças infecciosas e em medicina tropical (componente viagens).

Para que servem as consultas de saúde do viajante?

  • imagemPara aconselhar as medidas preventivas a adoptar antes, durante e depois da viagem. Estas medidas incluem a vacinação, medicação preventiva da malária, informação sobre higiene individual, cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, e outros aspectos para que deve estar alerta quando viaja. Também lhe podem ser fornecidas informações sobre a assistência médica e segurança no país de destino e aconselhamento sobre a farmácia que o viajante deve levar consigo;
  • Para avaliar as condições de saúde do viajante antes da viagem, nomeadamente grávidas, crianças, idosos, indivíduos com doenças crónicas sob medicação, entre outros;
  • Para prestar assistência médica após o regresso, diagnosticar problemas de saúde possivelmente contraídos durante a viagem, e para efectuar o controlo periódico de indivíduos que passam temporadas prolongadas em países ou regiões onde o risco de contrair doenças é elevado.
  • Para administrar vacinas, incluindo a da febre amarela, e passar o respectivo certificado internacional.

Quais são as vacinas obrigatórias?

  • imagemO Regulamento Sanitário Internacional em vigor estipula que a única vacina que poderá ser exigida aos viajantes na travessia das fronteiras é a vacina contra a febre amarela. Nesse sentido, todos os Centros de Vacinação Internacional devem administrar a vacina contra a febre amarela a todos os utentes que a eles se dirijam, desde que portadores de prescrição médica.
  • No entanto, alguns países não autorizam a entrada no seu território sem o comprovativo de vacinação contra outras doenças. É o que acontece com a vacina contra a doença meningocócica, imposta pela Arábia Saudita aos peregrinos que se dirigem a Meca. A Arábia Saudita exige ainda, como outros países, a vacina contra a poliomielite, a quem é proveniente de um dos quatro países onde o vírus é endémico (Afeganistão, Nigéria, Paquistão e Índia).

Que outras vacinas são aconselhadas?

  • Depende para onde pretende viajar. É precisamente para o aconselhar e informar que existem as consultas de saúde do viajante. As vacinas mais indicadas, em função do destino, são as que protegem contra as seguintes doenças: cólera, difteria, encefalite japonesa, hepatite A, hepatite B, gripe, raiva, tétano e febre tifóide.

Onde são as consultas de saúde do viajante e os centros de vacinação internacional? 

  • Há consultas e centros de vacinação internacional espalhados por todo o país, sendo que na região de saúde do Algarve realizam-se:

Localização Centro de Saúde de Faro

Morada: Urbanização Graça Mira

Lejana de Cima

8009-003 Faro

A Consulta do Viajante tem duas ofertas:

1- Aconselhamento de enfermagem e vacinação internacional (com prescrição médica);

2 – Consulta médica com marcação prévia (preferencialmente entre 4-5 semanas anterior à viagem) e respetiva vacinação dos utentes após consulta.

O meio preferencial para pedido de consulta deverá ser através do e-mail: consulta-viajante@acescentral.min-saude.pt, para além do pedido presencial no horário do aconselhamento de enfermagem. Poderá também ser utilizado o telefone geral 289 830 300 (Ext:379, Ext: 351).

Atendimento de Enfermagem e Vacinação internacional – (O utente deve ser portador de prescrição médica das vacinas a efetuar).

Documentos necessários:

  • Boletim de Vacinação Nacional e Internacional (se já o possuir),
  • Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão, Cartão do SNS.

 


Localização Centro de Saúde de Portimão

Unidade de Saúde Pública de Portimão

Morada: Rua Manuel Dias, 8500-723 Portimão
Telefone: 282 420165
Fax: 282 420168
Horário da Consulta:
  • Segundas das 9.00 às 13.00 horas  e das  14.00 às 17.00 horas
  • Sextas feiras das 8.30 às 10.30 horas

Marcação prévia, por telefone ou presencial, com um mínimo de quinze dias de antecedência à data da viagem.

Vacinação Internacional: No mesmo horário da consulta.

Area Cidadão