previous arrow
next arrow
Slider

30 anos da Convenção dos Direitos da Criança

“Estendais dos Direitos da Criança” nas unidades de saúde dos ACeS e do CHUA comemoram 30 anos da Convenção dos Direitos da Criança

“Para todas as crianças, todos os direitos” é o lema da Campanha Global e Nacional que comemora os 30 anos da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança que se assinala esta quarta-feira, dia 20 de novembro.

Porque todas as crianças têm o direito de serem ouvidas, de participar e desempenhar um papel ativo na sua sociedade, a ARS Algarve e o CHUA associam-se a esta iniciativa manifestando todo o seu apoio na proteção nesta fase tão primordial do ciclo de vida.

Para assinalar a data,  a Coordenação Regional da Ação de Saúde para Crianças e Jovens em Risco da ARS Algarve, em parceria com a Subcomissão de Coordenação Regional do Algarve do Sistema Nacional de Intervenção Precoce e com a Coordenação Regional dos Grupos de Apoio à Saúde Mental Infantil, lançaram o desafio às crianças e jovens acompanhadas pelas diversas equipas de saúde do SNS para fazerem desenhos alusivos ao tema e agora, no dia 20 de novembro, foram expostos nos “Estendais dos Direitos da Criança” distribuídos pelas salas de espera das diversas unidades dos Centros de Saúde da região e nas unidades de Faro e Portimão do Centro Hospitalar Universitário do Algarve.

Os desenhos foram realizados no âmbito das atividades dinamizadas pelos Núcleos de Apoio a Crianças e Jovens em Risco e Núcleos Hospitalares, em colaboração com as Equipas Locais de Intervenção Precoce, os Grupos de Apoio à Saúde Mental Infantil, Equipas de Saúde Escolar das diversas unidades de saúde, durante as quais abordaram esta temática dando a conhecer às crianças e famílias a existência da Convenção dos Direitos da Criança, e estão expostos nos Centros de Saúde de Albufeira, de Lagoa, de Lagos, de Loulé, de Faro, de Monchique, de Olhão, de Portimão, de Silves, de Tavira, de Vila Real de Santo António e nas unidades de Faro e Portimão do Centro Hospitalar Universitário do Algarve.

Com esta iniciativa pretende-se, de uma forma saudável e positiva, sensibilizar a comunidade para a importância da Convenção dos Direitos da Criança, aumentar a consciência pública em torno das crianças enquanto cidadãs de direito, facilitar a integração plena das crianças e jovens no processo de desenvolvimento dos seus direitos e prevenir todas as formas de violência contra as crianças.

No Serviço Nacional de Saúde, a promoção dos direitos e proteção de crianças e jovens tem sido alvo de especial atenção com a criação de respostas específicas de prevenção e intervenção.  Em 2008 com a criação da Ação de Saúde para Crianças e Jovens em Risco nasceram as primeiras equipas multidisciplinares. Atualmente, a ARS Algarve conta com um total de 13 Núcleos de Apoio a Crianças e Jovens em Risco nos cuidados de saúde primários e 2 Núcleos Hospitalares de Apoio a Crianças e Jovens em Risco nos cuidados hospitalares – Unidade de Faro e Portimão do Centro Hospitalar Universitário do Algarve.

Há trinta anos, os líderes mundiais assumiram um compromisso histórico com as crianças do mundo, adotando a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança – um acordo internacional sobre a infância, ratificado por Portugal em 21 de setembro de 1990. Tornou-se o tratado de direitos humanos mais amplamente ratificado na história e ajudou a transformar a vida das crianças em todo o mundo.

Mais informação em: https://www.unicef.org/child-rights-convention

 

Voltar
Area Cidadão
quis et, elit. nunc Praesent id, tempus