previous arrow
next arrow
Slider

A importância da prevenção e tratamento em destaque no 1º Encontro Regional “STOP às Úlceras de Pressão”

 

“STOP às Úlceras de Pressão” é o mote do Encontro Regional, promovido pelo Grupo Técnico das Feridas da Administração Regional de Saúde do Algarve, que juntou no dia 5 de fevereiro de 2019, no Auditório Municipal de Lagoa, cerca de duas centenas de profissionais de saúde, do ensino, estudantes e associações ligadas à prevenção e tratamento de feridas, com o objetivo de sensibilizar a comunidade em geral para a problemática das úlceras de pressão e fomentar a partilha de conhecimentos e boas práticas nesta área.

No decorrer da sessão de abertura, que contou com a presença da Vereadora Anabela Simão, em representação da Câmara Municipal de Lagoa, da enfermeira Manuela Almeida, Grupo de Técnico das Feridas da ARS Algarve, o Presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve, Paulo Morgado, destacou a importância da aposta na prevenção, na formação e na investigação para melhorarmos o tratamento das feridas e das úlceras de pressão.

«Prevenir é importante, é um trabalho de todos os profissionais de saúde, mas também dos cuidadores. Mas além de prevenir, é essencial tratar e tratar bem. Tratar com aquilo que é o melhor conhecimento e evidência científica disponível e esta é uma responsabilidade dos serviços de saúde e de todos nós», sublinhou, apelando a todos para que «desenvolvam o vosso conhecimento, porque esta é uma área em que poderão fazer a diferença daquilo que é a vida e a qualidade de vida dos nossos cidadãos».

A avaliação do risco de desenvolvimento de úlceras de pressão, a importância de uma abordagem interdisciplinar adaptada ao risco específico de cada doente, o ensino e os avanços científicos no tratamento das feridas, o planeamento e a implementação de boas práticas nesta área assim como o papel dos cuidadores informais foram alguns dos temas abordados ao longo do dia pelos vários profissionais dos Cuidados de Saúde Primários, dos Cuidados Saúde Hospitalares, dos Cuidados Continuados Integrados,  da Universidade do Algarve, do Instituto Jean Piaget e de outras unidades prestadoras de cuidados e associações ligadas à prevenção e tratamento de feridas.

No decorrer do encontro, que contou com o apoio da Câmara Municipal de Lagoa, foram ainda apresentados uma série de vídeos pedagógicos sobre prevenção de úlceras de pressão produzidos, no âmbito da promoção de literacia em saúde, pelo Grupo Técnico das Feridas da ARS Algarve em colaboração com a Assessoria de Imprensa e Comunicação e que irão estar disponíveis em breve nos quiosques multimédia dos Centros de Saúde da região.

  

 

  

 

  

 

Voltar
Area Cidadão