previous arrow
next arrow
Slider

ACeS Barlavento promove Conferência sobre Literacia em Saúde | Inscrições abertas

Miguel Arriaga, Chefe de Divisão de Literacia, Saúde e Bem-Estar da Direção Geral da Saúde é o convidado do Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) Barlavento da ARS Algarve para proferir uma conferência sobre Literacia em Saúde, no próximo dia 27 de março, pelas 15 horas, no Portimão Arena.

Integrada nas comemorações dos 40 anos do SNS, a sessão, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Portimão, é dirigida a todos os profissionais de saúde e à comunidade em geral, tem entrada livre mas sujeita a inscrição prévia.

Para fazer a sua inscrição clique aqui: Formulário de Inscrição

“O conceito “literacia em saúde” surgiu pela primeira vez em 1974, no artigo “Health education as social policy”, sendo que, desde então, tem vindo a ganhar uma importância crescente, acompanhado por um maior destaque no papel nas responsabilidades dos cidadãos na sua saúde e de aqueles que os rodeiam.

Assistindo-se a uma formulação das políticas de saúde ao nível da saúde da Europa, também em Portugal, a literacia em saúde tem sido identificada como o caminho para a melhoria dos cuidados de saúde e da obtenção de ganhos em saúde.

A Organização Mundial da Saúde (WHO 1998) definiu a literacia em saúde como o conjunto de “competências cognitivas e sociais e a capacidade dos indivíduos para ganharem acesso a compreenderem e a usarem informação de formas que promovam e mantenham boa saúde”, isto é,  é uma estratégia de capacitação para aumentar o controlo das pessoas sobre a sua saúde, a capacidade para procurar informação e para assumir as suas responsabilidades. (L.Kickbusch, S.Wait, D. Maag)

Em 2014, foi aplicado um questionário Europeu de Literacia em Saúde e verificou-se que 60% da população portuguesa tem um nível de literacia em saúde inadequado ou problemático, o que sugere uma necessidade crescente por parte das entidades promotoras de saúde, num maior investimento em políticas de saúde/educação, dos profissionais de saúde e dos próprios cidadãos na implementação de estratégias que visam um aumento da literacia em saúde em Portugal.

 

Voltar
Area Cidadão