previous arrow
next arrow
Slider

ARS Algarve destaca importância do trabalho multidisciplinar em intervenção domiciliária nas equipas de Cuidados Continuados Integrados

Decorreu no dia 12 de junho, na sede da ARS Algarve, a última sessão formativa do primeiro curso «Percurso de Qualificação em Intervenção Multidisciplinar nas ECCI», destinada às Equipas de Cuidados Continuados Integrados da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados do Algarve, contando com perto de três dezenas de formandos.

Visando reforçar a capacitação da intervenção multidisciplinar nas ECCI, este curso teve com o objetivo otimizar a prestação dos cuidados continuados integrados em contexto domiciliário, através da aquisição de conhecimentos técnicos e de estratégias para a gestão eficaz das situações potencialmente geradoras de vulnerabilidade emocional, pelas circunstâncias de interação nos contextos individuais/familiares dos utentes.

Ao longo do curso, composto por seis sessões, divididas numa área técnica e outra psico-emocional, foram abordados os seguintes temas: «Novas abordagens da RNCCI», «A felicidade como indicador do bem-estar pessoal e profissional», «Processo de referenciação», «O papel das emoções positivas e do bem-estar subjetivo do profissional», «Abordagem multidisciplinar», «Fator protetor da subjetividade humana e promotor da felicidade no contexto laboral», «Gestão do regime terapêutico», «Força humana positiva na resiliência e na construção da felicidade», «Senescência e terapêutica no idoso», «A atenção plena ou mindfulness como estratégia promotora da qualidade do trabalho e do bem-estar», «Capacitação do cuidador informal» e «Visão global do bem-estar subjetivo no contexto da ECCI», tendo contado com a presença do Coordenador Nacional para a reforma do SNS na área dos Cuidados Continuados Integrados, Manuel Lopes.

Está prevista a realização de uma segunda edição deste curso ainda durante o ano de 2018, aberta a todos os profissionais que o desejem frequentar.

De referir que neste momento existem 26 Equipas de Cuidados Continuados Integrados no Algarve, distribuídas pelos 16 concelhos, para garantir uma distribuição equitativa desta resposta de Cuidados Continuados Integrados.

Voltar
Area Cidadão