Arrow
Arrow
Slider

ARS Algarve reforça Cuidados de Saúde Primários

ARS Algarve reforça Cuidados de Saúde Primários em Faro com nova Unidade de Saúde Familiar Ossónoba e reabertura do Pólo de Saúde de Vaqueiros este mês de agosto.

 

USF Ossónoba vai abranger cerca de 10 500 utentes do concelho de Faro

img1

A Unidade de Saúde Familiar Ossónoba, instalada no Centro de Saúde de Faro, iniciou a sua atividade no dia 21 de agosto. Com a sede no Centro de Saúde de Faro, esta nova USF, unidade integrante do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Central, reúne uma equipa multidisciplinar, composta por seis médicos, seis enfermeiros e quatro assistentes técnicos, tendo como Coordenadora a Dra. Daniela Emílio e vai abranger cerca de 10 500 utentes do concelho de Faro.

A possibilidade de integrar uma «equipa jovem, altamente motivada, metódica, muito profissional e com um ambiente interno espetacular» com a ambição de prestar cuidados de saúde de forma mais personalizada e humanizada são algumas das razões apontadas pela Coordenadora da USF Ossónoba, para terem decidido avançar para a constituição da USF, sublinhando que «este projeto nasce de uma necessidade sentida pelos diferentes profissionais de melhorar os cuidados de saúde à nossa população de Faro e com o objetivo de dar médico de família a todos os utentes de Faro. O trabalho em equipa multiprofissional com um objetivo comum é altamente estimulante e gratificante regido por valores comuns entre todos, como o respeito pelas pessoas, confiança, cooperação e solidariedade, responsabilidade, ética e deontológica com o cidadão no centro mas também com o desenvolvimento profissional de todos os colaboradores e uma consequente satisfação pessoal e profissional».

Em termos pessoais, «foi com enorme prazer» que a Dra. Daniela Emílio aceitou o desafio de ser a Coordenadora desta equipa, e espera agora «corresponder às espectativas de todos e que o nosso papel seja determinante na melhoria da qualidade, efetividade e eficiência dos nossos cuidados de saúde».

«Os utentes podem esperar uma equipa altamente motivada que pretende constituir uma USF de referência em cuidados de saúde primários, na acessibilidade, na continuidade e na equidade de cuidados prestados, com eficácia e eficiência, de modo a determinar a melhoria do estado de saúde e contribuindo desta forma para a satisfação dos utentes, assim como dos profissionais que a integram. Pretendemos também exercer a nossa atividade, através de procedimentos e atitudes assentes em práticas humanistas e em princípios estruturais, num quadro permanente e de efetiva disponibilidade, de dignificação humana e profissional, assim como de responsabilização e diálogo interpares e com a comunidade de utentes», garante.

Na sua opinião, as Unidades de Saúde Familiares assumem um papel essencial no reforço dos Cuidados de Saúde Primários. «A organização da USF permite uma melhoria continua e cuidados de saúde centrados no cidadão e utente do SNS. Deste modo são um fator de proximidade com maior eficiência, qualidade e efetividade. As USF permitem uma oferta de cuidados transversal às diferentes fases da vida dos utentes e promovem a saúde de forma global, personalizada e com boa acessibilidade aos utentes. Esta é missão da nossa USF e que se enquadra também nos objetivos das USF», destaca.

Com horário de funcionamento das 8h às 20h, de segunda à sexta, a USF pretende oferecer a todos os seus utentes um conjunto de atividades expressas no seu plano de ação na área da prestação de cuidados e promoção da saúde na comunidade, garantindo mais acessibilidade, maior proximidade, e maior qualidade nos cuidados de saúde no concelho de Faro e, simultaneamente, contribuir para obtenção de ganhos em saúde.

Com a entrada em funcionamento da USF Ossónoba, encontram-se neste momento em atividade 14 Unidades de Saúde Familiar na Região do Algarve (2 no ACES Barlavento; 8 no ACES Central e 4 no ACES Sotavento) que abrangem no total mais de 145 mil utentes.

 

Pólo de Saúde de Vaqueiros reabriu esta semana

WP_20170829_14_26_41_Pro (1)

O Pólo de Saúde de Vaqueiros da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados Aléo de Alcoutim reabriu no dia 29 de agosto, no âmbito do protocolo de colaboração celebrado no passado mês de maio entre a Administração Regional de Saúde do Algarve e a Câmara Municipal de Alcoutim com vista à reconversão do edifício da antiga escola primária de Vaqueiros em unidade de saúde.

No âmbito deste acordo, a autarquia assegurou o investimento e as obras necessárias, realizadas em estreita articulação com os técnicos da ARS, com vista à revitalização da antiga escola primária local e cedeu o edifício para a instalação do Pólo de Saúde de Vaqueiros, assumindo a ARS Algarve o compromisso de afetar os equipamentos e os profissionais de saúde para a reabertura desta unidade de saúde.

O renovado Pólo de Saúde, integrado no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Sotavento, abrange cerca de 350 utentes e vai funcionar às terças e quintas, das 14:00 às 17:00 horas, com um médico, um enfermeiro e um assistente técnico.

Com esta medida, a ARS Algarve, em parceria com a Câmara Municipal de Alcoutim, pretende devolver à população desta localidade o acesso a cuidados de saúde de proximidade em instalações dotadas de melhores condições funcionais e adequadas ao atendimento.

De referir que este Pólo de Saúde, que funcionou no edifício da Junta de Freguesia de Vaqueiros, tinha sido encerrado em outubro de 2013 pelo anterior governo.

ARS Algarve reforça Cuidados de Saúde Primários
Voltar
Area Cidadão