previous arrow
next arrow
Slider

Iniciada cooperação transfronteiriça Algarve-Andaluzia no âmbito do Projeto «Janela Aberta»

Realizou-se, no dia 24 de Maio de 2011, em Huelva, a primeira reunião no âmbito da Cooperação Transfronteiriça Algarve-Andaluzia (2007-2013), do projeto «Janela Aberta» da Administração Regional de Saúde do Algarve IP, entre a equipa de profissionais do Algarve e da Andaluzia (Delegación Provincial de Salud de Huelva), visando estabelecer uma partilha e colaboração mais forte nesta área entre as duas regiões.

imagem

Durante a reunião, o responsável pelo projeto, Dr. António Pina, apresentou a experiência da implementação deste projeto, iniciado numa parceria entre a ARS Algarve IP e o IDT IP em 2007 no Algarve, sendo o objectivo desta intervenção oferecer um apoio continuado aos pais, assente no pressuposto de a família ser o primeiro grande suporte afectivo e de aprendizagem social da criança.

De seguida foi realizada uma apresentação dos objetivos tecnológicos da responsabilidade do parceiro tecnológico, a Globalgarve, tendo ainda sido apresentados as propostas e os objectivos considerados prioritários na Região da Andaluzia, de responsabilidade da coordenadora regional andaluza, Dra. Valle Coronado Vázquez.

Seguiu-se um momento de debate entre as partes desta cooperação, tendo sido estabelecido entre os responsáveis técnicos em Saúde Materna, Saúde Infantil e Psicologia a recolha de informação e de conteúdos a divulgar em suportes de papel e digital à comunidade e aos profissionais de saúde, até ao fim do Verão de 2011.

imagem

A ARS Algarve IP e o Servicio Andaluz de Salud integram uma parceria financiada pelo Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal – POCTEP (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), da União Europeia 2007-2013) que tem como objectivo a criação de estruturas de saúde de utilização comum, tanto funcionais como físicas, contemplando a criação de um Observatório de Saúde, cujos principais objectivos são analisar e acompanhar problemas de saúde nas duas regiões e proporcionar formação conjunta e contínua de profissionais de saúde do Algarve e da Andaluzia em áreas como a Obesidade, Cuidados Paliativos, Violência de Género, Gestão Ambiental, Prevalência da Esterilidade, Reabilitação Cardíaca e Detecção Precoce do Cancro.

imagem
Voltar
Area Cidadão