TESTES ANTIGÉNIO

farmácias aderentes

previous arrow
next arrow
Slider

NACJR da ARS Algarve assinalam aniversário da Convenção dos Direitos da Criança

A data foi assinalada com a distribuição de livros do conto “Sol e o Centro de Saúde – uma viagem pelos teus direitos”, aos utentes da USF Balsa, em Tavira.

Os Núcleos de Apoio a Crianças e Jovens em Risco (NACJR) da ARS Algarve associam-se às comemorações do Aniversário da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança com a divulgação, junto das crianças e famílias, da Carta da Criança nos cuidados de saúde primários, o Conto “Sol e o centro de saúde – uma viagem pelos teus direitos” e o Poster “Os meus direitos no centro de saúde”.

O Presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve, Paulo Morgado, participou numa sessão simbólica no Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) Sotavento, esta segunda-feira, 22 de novembro, onde foram distribuídos os livros do Conto “Sol e o Centro de Saúde – uma viagem pelos teus direitos”, às crianças e famílias que frequentaram as consultas na USF Balsa, em Tavira.

Estiveram presentes na sessão a Diretora Executiva do ACeS Sotavento, Luísa Prates, o Presidente do Conselho Clínico e da Saúde do ACeS Sotavento, Henriques Santos, o Coordenador da USF Balsa, Rui Miranda, o Coordenador da URAP, Luis Abobeleira, a Coordenadora Regional do Programa Nacional de Prevenção da Violência no Ciclo de Vida do Algarve, Marta Chaves, e a equipa de profissionais de saúde que integram o Núcleo de Apoio a Crianças e Jovens em Risco de Tavira.

A realização desta atividade reforça o papel dos NACJR na promoção dos direitos da criança, numa cultura de humanização e proximidade às crianças e suas famílias.

A 20 de novembro de 1989 os líderes mundiais assumiram um compromisso histórico com as crianças do mundo, adotando a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança – um acordo internacional sobre a infância, ratificado por Portugal em 21 de setembro de 1990. Tornou-se o tratado de direitos humanos mais amplamente ratificado na história e ajudou a transformar a vida das crianças em todo o mundo.

Criada à semelhança da Carta da Criança Hospitalizada, a Carta da Criança nos Cuidados de Saúde Primários conta com 10 recomendações a serem cumpridas pelos Centros de Saúde em prol da humanização do atendimento e acolhimento das crianças e jovens, na salvaguarda dos seus direitos, como o direito à informação adaptada à idade e compreensão, direito a expressar a sua opinião, a ser atendido por profissionais com formação especializada e em contextos de atendimento adequados, a receber cuidados de saúde holísticos para além do bem-estar físico, a estar acompanhado/a durante a prestação de cuidados, direito à participação da família, à intimidade e privacidade, a ter um plano de continuidade de cuidados no caso de doença crónica, direito a serem tratadas com respeito, igualdade, sem discriminação.

Consultar : Carta da Criança nos cuidados de saúde primários

Mais informação em: https://www.unicef.org/child-rights-convention

Voltar
RSE - Area Cidadão
mattis lectus et, venenatis, velit, nec at Praesent odio ut vel, dolor