DICAD

1 — À Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, abreviadamente designada por DICAD, compete:

a) Assegurar a execução dos programas de intervenção local com vista à redução do consumo de substâncias psicoativas, à prevenção dos comportamentos aditivos e à diminuição das dependências;

b) Colaborar, ao nível da sua área de intervenção geográfica, na definição da estratégia nacional e das políticas com vista à redução do consumo de substâncias psicoativas, à prevenção dos comportamentos aditivos e à diminuição das dependências e na sua avaliação;

c) Planear, coordenar, executar e promover, ao nível da sua área de intervenção geográfica, a avaliação dos programas de prevenção, de tratamento, de redução de riscos, de minimização de danos e de reinserção social;

d) Prestar apoio técnico à execução dos programas e projetos de intervenção local;

e) Assegurar a implementação de procedimentos e meios de recolha de dados, proceder à sua consolidação e enviar ao Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, abreviadamente designado por SICAD, os dados e informações necessárias para prossecução das suas atribuições, e desenvolver estudos sobre as intervenções realizadas na região e elaborar os relatórios de atividades;

f) Emitir pareceres sobre propostas de implementação de projetos regionais apresentados por entidades públicas ou privadas que se candidatem a apoios no âmbito da sua área de intervenção;

g) Promover a realização de diagnósticos das necessidades de intervenção de âmbito regional e local, definir as prioridades e o tipo de intervenção a efetuar e osrecursos a afetar, nomeadamente a projetos e programas cofinanciados, contribuindo para um planeamento nacional sustentado;

h) Avaliar e supervisionar o funcionamento das unidades de intervenção local, prestadoras de cuidados de saúde nesta área, assegurar o planeamento e gestão dos recursos necessários à respetiva atividade e propor a criação de novas unidades ou o seu encerramento;

i) Planear a articulação interinstitucional e incentivar a participação das instituições da comunidade, públicas ou privadas, no desenvolvimento de ações de prevenção, de tratamento, de redução de riscos e minimização de danos e de reinserção social, no âmbito dos programas nacionais promovidos pelo SICAD;

j) Promover, desenvolver e aplicar metodologias de avaliação das diversas ações desenvolvidas ou apoiadas, atualizar diagnósticos, elaborar relatórios e analisar as respetivas conclusões;

k) Colaborar com o SICAD na definição dos requisitos para licenciamento de unidades de prestação de cuidados, nos sectores social e privado e monitorizar o seu cumprimento;

l) Assegurar, ao nível da região, a articulação com o SICAD para o desenvolvimento de programas e projetos.

2 — Compete ainda à DICAD, no âmbito de intervenção regional, proceder à difusão das normas e orientações técnicas e de outros instrumentos de apoio técnico à atividade dos estabelecimentos de saúde, apoiar a sua implementação e monitorizar a sua execução.

Para a prossecução das suas atribuições a Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (DICAD) do Algarve tem os seguintes serviços e unidades de intervenção local:

Organograma do DICAD

CONTACTOS:

  • DICAD:

Nuno Murcho (Coordenador)

E-mail: nmurcho@arsalgarve.min-saude.pt.

Morada: Largo de S. Pedro, nº 15, 8000-145 Faro (ARS Algarve – Serviços Centrais).

 

Telefone - 289 889 900; fax. - 289 828 211

  • Unidade de Desabituação do Algarve (UDA):

António Camacho (Responsável)

E-mail: acamacho@arsalgarve.min-saude.pt

Morada: Quatrim Sul, Caxia Postal 260 Z– 8700-260 Moncarapacho.

Telefone - 289 006 870; fax - 289 704 601.

  • Centro de Respostas Integradas (CRI):

Nuno Murcho (Responsável)

E-mail: nmurcho@arsalgarve.min-saude.pt.

Morada: Largo de S. Pedro, nº 15, 8000-145 Faro (ARS – Serviços Centrais).

Telefone: 289 889 900; fax. - 289 828 211.

  • Equipa Técnica Especializada  (ETE) de Tratamento do Barlavento:

Cláudia Maia (Responsável)

          E-mail: cmaia@arsalgarve.min-saude.pt

Morada: Rua Poeta António Aleixo, s/n, 8501-856 Portimão.

Telefone: 282 002 160; fax - 282 412 436

  • Equipa Técnica Especializada  (ETE) de Tratamento do Sotavento:

Norberto Sousa (Responsável)

         E-mail: nlsousa@arsalgarve.min-saude.pt.

Morada: Rua de Olivença, 8700-414 Olhão.

Telefone: 289 007 120; fax - 289 701 047.

  • Equipa Técnica Especializada  (ETE) de Prevenção:

Margarida Pinto (Responsável).

          E-mail: mpinto@arsalgarve.min-saude.pt.

Morada: Rua Brites de Almeida, n.º 6, 2.º, 8000 Faro.

Telefone: 289 006 990; fax - 289 823 150.

  • Equipa Técnica Especializada  (ETE) de Redução de Danos:

António Malta (Responsável).

          E-mail: amalta@arsalgarve.min-saude.pt.

Morada: Rua Poeta António Aleixo, s/n, 8501-856 Portimão.

Telefone: 282 002 160; fax - 282 412 436

  • Equipa Técnica Especializada  (ETE) de Reinserção:

Ana Paula Neto (Responsável).

         E-mail: apneto@arsalgarve.min-saude.pt.

Polo do Sotavento:

Morada: Rua de Olivença, 8700-414 Olhão.

Telefone: 289 007 120; fax - 289 701 047

Concelhos abrangidos: (concelhos de Albufeira, Loulé, S. Brás de Alportel, Faro, Olhão, Tavira, Vila Real de St.º António, Castro Marim e Alcoutim).

Polo do Barlavento:

Morada: Rua Poeta António Aleixo, s/n, 8501-856 Portimão.

Telefone: 282 002 160; fax - 282 412 436

Concelhos abrangidos: (concelhos de Silves, Lagoa, Portimão, Lagos, Monchique, Aljezur e Vila do Bispo)

Documentos úteis:

Portaria n.º 212/2013. D.R. n.º 122, Série I de 2013-06-27 Ministérios das Finanças e da Saúde Primeira alteração aos Estatutos da Administração Regional de Saúde do Algarve, I.P., aprovados pela Portaria n.º 156/2012, de 22 de maio

imagemRede de Referenciação / Articulação no âmbito dos comportamentos aditivos e das dependências - (documento integral)

imagemFluxograma da Rede de Referenciação / Articulação da Região do Algarve