Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

15ª Prémio Boas Práticas em Saúde – Apresentação de candidaturas de 21 de março a 29 de abril

“SNS em mudança: Saúde Sustentável”, é o tema da 15ª edição do Prémio de Boas Práticas em Saúde. As candidaturas deverão ser submetidas online, em formulário disponível para o efeito, no site do Prémio Boas Práticas em Saúde, de 21 de março a 29 de abril de 2022.

O Prémio de Boas Práticas em Saúde (PBPS) é uma iniciativa, organizada pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar, Direção-Geral da Saúde, Administração Central do Sistema de Saúde, IP, as cinco Administrações Regionais de Saúde, e com a colaboração das Direções Regionais de Saúde dos Açores e da Madeira, abrangendo todo o território nacional.

O PBPS tem como principal objetivo dar a conhecer as boas práticas em saúde a nível nacional, no âmbito da qualidade e inovação, com vista a replicar as mais-valias para o bom desempenho do Sistema de Saúde.

A atribuição do PBPS visa distinguir e premiar o trabalho dos profissionais ou equipas em serviços/unidades de saúde que, no seu quotidiano, desenvolvam projetos com qualidade e inovação e que, respeitando as normas instituídas, representem um valor acrescentado para o cidadão/comunidade ou para as práticas da organização, com reflexo direto na prestação de cuidados de saúde, podendo ser consideradas como boas práticas em saúde.

Neste âmbito, convidam-se todos os profissionais e equipas de saúde dos setores público, privado e social a apresentarem projetos à 15.ª edição anual do Prémio de Boas Práticas em Saúde, centrando-se este ano na temática da ““SNS em mudança: Saúde Sustentável”, com foco nos seguintes subtemas:

  1. Integração de Cuidados de Saúde e Respostas de Proximidade:

Transição estrutural e organizacional dos serviços. Estratégias de Integração dos diferentes níveis de cuidados – Cuidados de saúde primários, hospitalares, continuados integrados, saúde pública e articulação com as autarquias e os setores social e privado.

  1. Capital Humano da saúde:

Novas práticas e competências, necessidades, saúde mental e bem-estar dos profissionais, formação especializada, boas práticas de gestão e liderança. Estratégias de motivação e valorização dos profissionais.

  1. Tecnologias para a otimização de cuidados:

Transformação digital. Novas tendências na área da Telemedicina (por ex. telemonitorização, teleconsulta, telesaúde, teleconsultadoria), robótica, inteligência artificial, entre outras, como instrumentos de suporte à gestão e acesso da informação, reporte e melhoria dos resultados, interoperabilidade e comunicação.

  1. Organizações de saúde “verdes”:

Projetos, construções, reformas e operações de instalações e edifícios de saúde “verdes” e saudáveis. Iniciativas no âmbito da economia circular ou que contribuam por ex. para a eficiência energética ou políticas de lixo zero, que visem minimizar os impactos ambientais, favorecendo ambientes mais “verdes” e sustentáveis.

  1. Retoma global de cuidados de saúde garantindo a equidade:

Iniciativas e projetos que promovam a retoma global dos cuidados de saúde, aos vários níveis de prevenção, primária secundária, terciária e quaternária, com foco na retoma do acesso e desempenho assistencial, adiada pela atual pandemia por COVID-19.

O processo de seleção e apuramento dos vencedores tem várias fases, conforme consta do regulamento (disponível em www.boaspraticasemsaude.com).

Os projetos finalistas serão convidados a apresentar o seu projeto no Encontro de Boas Práticas em Saúde e concorrerão à atribuição de duas distinções – primeiro prémio e menção honrosa – na categoria de Melhor Projeto.

Aos projetos não finalistas, a que tenha sido reconhecido mérito pela Comissão Científica, será dirigido um convite para apresentação de poster científico, que concorrerão à atribuição duas distinções – primeiro prémio e menção honrosa – na categoria de Melhor Poster.

O prazo para apresentação de candidaturas decorrerá entre 21 de março e 29 de abril de 2022.

As candidaturas deverão ser submetidas on-line, em formulário disponível para o efeito, no sítio do Prémio Boas Práticas em Saúde – www.boaspraticasemsaude.com. No website constam, ainda, os contactos dos interlocutores designados em cada Instituição parceira do PBPS, os quais estão disponíveis para apoiar na instrução dos processos e clarificação de eventuais dúvidas na sua região de saúde.

O Encontro para apresentação dos projetos nomeados, exposição de posters e divulgação dos Prémios, terá lugar no dia 23 de novembro de 2022, cujo formato será definido de acordo com a evolução do contexto pandémico e das regras de segurança em vigor, impostas pelas autoridades competentes.

Mais informações e apresentação de candidaturas: https://www.boaspraticasemsaude.com/sitecandidatura/18

15ª Prémio Boas Práticas em Saúde – Apresentação de candidaturas de 21 de março a 29 de abril
Voltar
RSE - Area Cidadão