Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

15 de Setembro – Dia Nacional do Serviço Nacional de Saúde – ARS Algarve IP apresenta resultados da 2.ª volta do Rastreio do Cancro da Mama no Algarve (2007 – 2010)

logo_rastreio_cancro_mama.jpgA Administração Regional de Saúde do Algarve, I.P. realiza no dia 15 de Setembro, pelas 15.00, no Auditório do Hospital de Faro, EPE, em Faro a apresentação pública dos resultados obtidos no Programa do Rastreio do Cancro da Mama no Algarve, 2007 – 2010, assinalando assim o Dia Nacional do Serviço Nacional de Saúde.

 

logo_rastreio_cancro_mama.jpgA Administração Regional de Saúde do Algarve, I.P. realiza no dia 15 de Setembro, pelas 15.00, no Auditório do Hospital de Faro, EPE, em Faro a apresentação pública dos resultados obtidos no Programa do Rastreio do Cancro da Mama no Algarve, 2007 – 2010, assinalando assim o Dia Nacional do Serviço Nacional de Saúde.

 

 

Durante a sessão a Presidente da Associação «Laço», Lynne Archibald, entregará à Administração Regional de Saúde do Algarve, IP, e à Associação Oncológica do Algarve donativos destinados à luta contra o Cancro da Mama no valor aproximado de 38.000 euros. A Associação «Laço» é uma organização sem fins lucrativos que tem como objectivos a prevenção, diagnóstico e tratamento do cancro da mama.  

O Programa de Rastreio do Cancro da Mama iniciou-se em 19 de Setembro de 2005. É organizado e financiado e pela Administração Regional de Saúde do Algarve, I.P., em parceria com a Associação Oncológica do Algarve. Tem como objectivo a detecção precoce do cancro da mama de modo a detectar cancros em fases mais precoces de desenvolvimento de modo a atingir taxas de sobrevivência mais elevadas e possibilitando tratamentos menos agressivos. Em Portugal mais de 4.000 mulheres são afectadas todos os anos pelo cancro da mama.

O rastreio abrangeu em 2005 – 2007, as mulheres residentes no Algarve com idades compreendidas entre 50 e 65 anos entre 2007 – 2010 as mulheres entre os 50 – 67 anos, e nas próximas voltas do rastreio as mulheres dos 50 – 69 anos.

logo_rastreio_cancro_mama.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão