Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

1ª Jornadas de trabalho sobre a importância da prescrição racional nas Unidades de internamento da RNCCI do Algarve

ECRCCI do Algarve promoveu 1ª Jornadas sobre a importância da prescrição racional nas Unidades de internamento da RNCCI do Algarve

A Equipa Regional dos Cuidados Continuados Integrados (ECRCCI) do Algarve promoveu esta segunda-feira, dia 20 de outubro de 2014, as 1ª jornadas de trabalho dedicadas à importância da prescrição racional, com o objetivo de fomentar a troca de experiências e boas práticas entre os profissionais que integram as equipas das diferentes tipologias de internamento das Unidades da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados do Algarve.

Integrada nas comemorações do Dia Nacional da Luta Contra a Dor, a sessão reuniu nas instalações da Unidade de Longa Duração e Manutenção (ULDM) Milreu, em Estoi, cerca de três dezenas de profissionais de saúde, designadamente, os diretores clínicos e enfermeiros – chefe das Unidades de internamento da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados do Algarve, assim como as três equipas coordenadoras locais (ECLs) da região, tendo como oradores o Dr. Renato Santos e a Enf. Fernanda Faleiro, ambos da ECRCCI do Algarve, assim como a Dra. Fátima Teixeira, Coordenadora da Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos do ACES Sotavento.

No decorrer da sessão de abertura, o Presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve IP, Dr. Moura Reis, acompanhado pela Coordenadora da ECRCCI do Algarve, Dra Leonor Bota, agradeceu ao Presidente da Fundação Algarvia de Desenvolvimento Social, Dr. Luís Coelho, entidade gestora da ULDM Milreu, por se ter associado a esta iniciativa e disponibilizado as suas instalações para acolher o encontro, assim como a todos os participantes por «terem correspondido de forma positiva» ao convite da ARS Algarve IP para participarem nesta jornada de trabalho.

Na sua intervenção, o Presidente da ARS Algarve IP, destacou a importância deste tipo de encontros mais informais para aproximar os profissionais de saúde que integram a Rede de Cuidados Continuados Integrados da Região do Algarve e simultaneamente abordar temas essenciais para a promoção de cuidados de saúde de excelência, lembrando que «a prescrição racional e adequada deve ser encarada como o processo para a maximização dos benefícios de saúde face aos recursos disponíveis» e como «um acto de ponderação que se preocupa em maximizar a efectividade, minimizar os riscos, minimizar os custos e respeitar a escolha do doente».


A terminar, o Presidente da ARS Algarve IP, deixou uma palavra de incentivo e de reconhecimento a todos os profissionais de saúde que com o seu trabalho diário nas várias unidades e equipas de cuidados continuados integrados contribuem para o elevado nível de qualidade assistencial e os excelentes resultados alcançados na prestação de cuidados no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados na Região.

Ao longo do dia os participantes tiveram oportunidade de abordar múltiplos casos clínicos selecionados e que serviram de mote para em conjunto analisarem a respetiva medicação à luz das boas práticas e no cumprimento das Normas de Orientação Clínica emanadas pela Direção Geral de Saúde, nomeadamente através da discussão sobre as práticas mais eficazes e seguras na aferição de qual o tratamento com o mínimo de riscos ou efeitos secundários perante a situação clínica dos doentes.

No final, a Equipa Regional dos Cuidados Continuados Integrados do Algarve lançou o desafio a todos os participantes para que, partindo do pressuposto “terapêutica racional”, apresentem em formato de poster cientifico a sua interpretação do tema abordado, sendo que posteriormente todos os trabalhos serão divulgados no site institucional da ARS Algarve IP.

Com mais esta iniciativa e no cumprimento das Normas de Orientação Clínica emanadas pela Direção Geral de Saúde, a Equipa Regional dos Cuidados Continuados do Algarve pretende prosseguir na promoção da prestação de cuidados de saúde de excelência, através da promoção de práticas eficazes e seguras na área da prescrição e utilização de fármacos.

De referir que outras iniciativas inovadoras estão na ordem do dia dos trabalhos a desenvolver pela Equipa Regional dos Cuidados Continuados, em estreita interligação com outras estruturas da Rede no Algarve.

Voltar
RSE - Area Cidadão