rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

1º Encontro de Bebés Dadores de Células Estaminais a 8 Dezembro de 2010 na Ordem dos Médicos no Porto

lucord_imagens.jpgO Banco Público de Células Estaminais do Cordão Umbilical (Lusocord) realiza no próximo dia 8 de Dezembro, o 1º Encontro de Bébes Dadores de Células Estaminais e entrega dos Diplomas do Bébe Dador («Sou dador desde que nasci») aos pequenos pioneiros que iniciaram em Portugal a dádiva de células estaminais. O evento irá decorrer na Ordem dos Médicos, Rua Delfim da Maia, no Porto.

 

lucord_imagens.jpgO Banco Público de Células Estaminais do Cordão Umbilical (Lusocord) realiza no próximo dia 8 de Dezembro, o 1º Encontro de Bébes Dadores de Células Estaminais e entrega dos Diplomas do Bébe Dador («Sou dador desde que nasci») aos pequenos pioneiros que iniciaram em Portugal a dádiva de células estaminais. O evento irá decorrer na Ordem dos Médicos, Rua Delfim da Maia, no Porto.

 

 

O Banco Público de Células Estaminais do Cordão Umbilical foi criado em final de Junho de 2009, tal como havia sido anunciado pelo Primeiro Ministro em 14 de Janeiro desse ano na Assembleia da República e funciona nas instalações do Centro de Histocompatibilidade do Norte, no Porto e apresenta-se com a designação LusoCord.

Ao fim de um ano de actividade do LusoCord, foram feitas já mais de 10 000 colheitas de  Sangue do Cordão Umbilical (SCU) a nível nacional (incluindo as ilhas) e depois de seleccionadas por rigorosos critérios internacionais de Qualidade, foram congeladas 5300 unidades para transplante  de doentes com leucemias e outras doenças, que necessitam de transplante de medula óssea ou células estaminais do sangue do cordão umbilical.

O constante aparecimento de crianças doentes e os apelos das famílias para a solidariedade com estes casos concretos é também um factor importante para o sucesso que tem tido o Banco Público de Células Estaminais do Cordão Umbilical – LusoCord.

De realçar que o empenho dos pais em fazer a criopreservação, tem sido o principal  motor do desenvolvimento das colheitas nas maternidades para o Banco Público.

Algumas unidades de Sangue de Cordão Umbilical colhidas serão também usadas para investigação no âmbito da Medicina Regenerativa e de tratamentos de doenças graves como a Diabetes, o Enfarte de miocárdio, os Acidentes Vasculares Cerebrais, Doença de Alzheimer, Paralisias, Cancro, etc.

Estando simultaneamente a ser criado um repositório de material precioso para disponibilizar aos grupos de investigação científica em estudos nacionais e internacionais para tratamentos de Medicina Regenerativa e Engenharia de Tecidos.

 

Consultar: Programa do 1º Encontro Bébes Dadores

Mais informações: Secretariado: Irene Teixeira

Centro de Histocompatibilidade do Norte

Telefone: 22 55 73 470 Fax: 22 55 01 101

Irene@chnorte.min-saude.pt

lucord_imagens.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão