Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

A Agência Europeia do Medicamento (EMEA) reafirma a eficácia e a segurança das vacinas contra a infecção pelo vírus da Gripe Pandémica, Gripe A (H1N1) 2009 – Londres, 20 Novembro 2009

image

 

A Agência Europeia do Medicamento (EMEA), informou ontem 20 de Novembro, que após ter revisto os dados disponíveis sobre a campanha de vacinação em curso contra a infecção pelos vírus da Gripe A (H1N1) 2009, com as vacinas autorizadas para a União Europeia, Pandemrix®, Focetria®, Celvapan®, e pesados os riscos e benefícios da campanha de vacinação em curso, concluiu pelos benefícios obtidos pela vacinação contra a Gripe A (H1N1) 2009.

image

 

A Agência Europeia do Medicamento (EMEA), informou ontem 20 de Novembro, que após ter revisto os dados disponíveis sobre a campanha de vacinação em curso contra a infecção pelos vírus da Gripe A (H1N1) 2009, com as vacinas autorizadas para a União Europeia, Pandemrix®, Focetria®, Celvapan®, e pesados os riscos e benefícios da campanha de vacinação em curso, concluiu pelos benefícios obtidos pela vacinação contra a Gripe A (H1N1) 2009.

A análise dos dados disponíveis até ao momento e referentes a cerca de 5 milhões de pessoas vacinadas na União Europeia permitem à Agência Europeia do Medicamento (EMEA) confirmar a segurança da vacina, afirmando não existir informação disponível que evidencie a ligação entre o pequeno número de casos reportados de Síndrome de Guillan-Barré ou de mortes fetais e a administração de vacinas contra a infecção pelos vírus da Gripe A (H1N1) 2009, confirmando a informação divulgada no dia 19 de Novembro pela Organização Mundial de Saúde e reportada a dados de 16 países que vacinaram até ao momento cerca de 65 milhões de pessoas.

 

A Agência informou ainda que as vacinas Pandemrix® e Focetria®, podem ser apenas aplicadas numa dose única de vacina aos adultos e aos jovens a partir dos 10 anos, mantendo a recomendação da aplicação de duas doses nas crianças pequenas e nos pacientes imunocomprometidos.

image
Voltar
RSE - Area Cidadão