Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Acções de Formação sobre Combate à Obesidade

A ARS Algarve, IP em parceria com o Instituto de Desporto de Portugal, IP, realizou, entre Novembro de 2007 e Maio de 2008, acções de formação nos Centros de Saúde, abrangendo 364 profissionais, com o objectivo de sensibilizar os técnicos de Saúde dos cuidados de saúde primários para a problemática da obesidade.

Estas acções abordaram as diversas perspectivas da obesidade infantil e do adulto no que diz respeito à definição, avaliação, classificação, valores de prevalência, factores de risco, complicações associadas, prevenção e tratamento, com especial ênfase na importância da alimentação saudável e da actividade física regular.

dsc00527.jpg

Estes encontros, que levaram os profissionais de Saúde dos cuidados primários a unir-se pela primeira vez em torno da temática da obesidade, compreenderam um total de 26 sessões nos Centros de Saúde da região algarvia, onde participaram 18 psicólogos, 16 nutricionistas/dietistas, 167 enfermeiros, 104 médicos e 24 técnicos de desporto das Câmaras Municipais, pelo que cada uma das acções de formação foi dinamizada pela nutricionista Teresa Sancho e a pediatra Cristina Gouveia, ambas da ARS Algarve IP, a pediatra Clarisse Martins do Centro de Saúde de Tavira, a pediatra Marisol Anselmo do Hospital Central de Faro e o técnico de educação física e desporto Eduardo Fernandes, do Instituto de Desporto de Portugal, IP.

 

Em Portugal, cujos valores são dos mais altos da Europa, a prevalência da pré-obesidade e obesidade no adulto é já de 52,4%, e nas crianças de 32%. No Algarve, os valores de pré-obesidade e obesidade infantil ultrapassam também os 30%, o que leva a ARS Algarve, IP em parceria com outras instituições da região, a uma iniciativa de promoção de um Programa de Combate à Obesidade na região do Algarve

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade é uma doença em que o excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de afectar a saúde. A prevalência da obesidade, a nível mundial, é tão elevada que a OMS considerou esta doença como a epidemia global do século XXI. A OMS reconhece que, neste século, a obesidade tem uma prevalência igual ou superior à da desnutrição e à das doenças infecciosas. Por tal facto, se não se tomarem medidas drásticas para prevenir e tratar a obesidade, mais de 50% da população mundial será obesa em 2025.

 

A ARS Algarve, IP em parceria com o Instituto de Desporto de Portugal, IP, realizou, entre Novembro de 2007 e Maio de 2008, acções de formação nos Centros de Saúde, abrangendo 364 profissionais, com o objectivo de sensibilizar os técnicos de Saúde dos cuidados de saúde primários para a problemática da obesidade.

Estas acções abordaram as diversas perspectivas da obesidade infantil e do adulto no que diz respeito à definição, avaliação, classificação, valores de prevalência, factores de risco, complicações associadas, prevenção e tratamento, com especial ênfase na importância da alimentação saudável e da actividade física regular.

dsc00527.jpg

Estes encontros, que levaram os profissionais de Saúde dos cuidados primários a unir-se pela primeira vez em torno da temática da obesidade, compreenderam um total de 26 sessões nos Centros de Saúde da região algarvia, onde participaram 18 psicólogos, 16 nutricionistas/dietistas, 167 enfermeiros, 104 médicos e 24 técnicos de desporto das Câmaras Municipais, pelo que cada uma das acções de formação foi dinamizada pela nutricionista Teresa Sancho e a pediatra Cristina Gouveia, ambas da ARS Algarve IP, a pediatra Clarisse Martins do Centro de Saúde de Tavira, a pediatra Marisol Anselmo do Hospital Central de Faro e o técnico de educação física e desporto Eduardo Fernandes, do Instituto de Desporto de Portugal, IP.

 

Em Portugal, cujos valores são dos mais altos da Europa, a prevalência da pré-obesidade e obesidade no adulto é já de 52,4%, e nas crianças de 32%. No Algarve, os valores de pré-obesidade e obesidade infantil ultrapassam também os 30%, o que leva a ARS Algarve, IP em parceria com outras instituições da região, a uma iniciativa de promoção de um Programa de Combate à Obesidade na região do Algarve

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade é uma doença em que o excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de afectar a saúde. A prevalência da obesidade, a nível mundial, é tão elevada que a OMS considerou esta doença como a epidemia global do século XXI. A OMS reconhece que, neste século, a obesidade tem uma prevalência igual ou superior à da desnutrição e à das doenças infecciosas. Por tal facto, se não se tomarem medidas drásticas para prevenir e tratar a obesidade, mais de 50% da população mundial será obesa em 2025.

 

dsc00527.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão