rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

ACES Central promove cursos de preparação para o nascimento e parentalidade

curso_nasc_parent_aces_central2.jpg
Ajudar o casal a vivenciar de forma tranquila e gratificante a gravidez e parto, fortalecer as competências do casal nas diferentes fases da parentalidade são os principais objectivos dos cursos de preparação para o nascimento e parentalidade promovidos pelas Unidades de Cuidados na Comunidade (UCC) do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Central. Neste momento, encontram-se a frequentar estas ações de formação 133 mulheres divididas pelas duas fases do curso: Pré-parto e Pós-parto.
curso_nasc_parent_aces_central2.jpg
Ajudar o casal a vivenciar de forma tranquila e gratificante a gravidez e parto, fortalecer as competências do casal nas diferentes fases da parentalidade são os principais objectivos dos cursos de preparação para o nascimento e parentalidade promovidos pelas Unidades de Cuidados na Comunidade (UCC) do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Central. Neste momento, encontram-se a frequentar estas ações de formação 133 mulheres divididas pelas duas fases do curso: Pré-parto e Pós-parto.

Desde o inicio deste ano que as grávidas residentes nos concelhos de Albufeira, Loulé, Faro, São Brás de Alportel e Olhão, têm oportunidade de frequentar estes cursos promovidos pelas UCC’s destes cinco concelhos do ACES Central, com o objetivo de oferecer aos futuros pais momentos de partilha de experiências e conhecimentos na preparação do nascimento e da paternidade.

enf_mariana_ponte.jpg«A utente pode inscrever-se por email ou presencialmente através do seu médico e enfermeiro de família ou diretamente na UCC da sua área de residência. Todos os médicos de família têm conhecimento dos cursos e de como encaminhar a grávida e o casal para o curso», explica a Enf. Mariana Ponte, uma das responsáveis pela implementação destes cursos no ACES Central que inicialmente apenas se realizavam em Loulé e Olhão, mas que, com a constituição das UCC’s alargaram-se aos restantes concelhos.

Em cada uma das UCC’s destes concelhos existe uma equipa formada por enfermeiros, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, nutricionistas/dietistas, higienistas orais, terapeutas da fala e psicólogos, responsáveis pelo curso que se encontra dividido em duas fases. «O Pré-parto inicia-se a partir das 24 semanas, com duas sessões por semana e tem 14 sessões no total. Essas sessões são teóricas e práticas e são abordados temas como: o desconforto e cuidados na gravidez, a alimentação na gravidez e na amamentação, posturas e exercícios na gravidez, vivências psicológicas na gravidez, trabalho de parto e o papel do acompanhante, puerpério, métodos de alívio da dor, desenvolvimento infantil, cuidados ao recém-nascido e segurança infantil», enumera a Enf. Mariana Ponte.

Enquanto que a fase do «pós-parto inicia-se pelas 4/6 semanas após o parto com duas sessões por semana, prática e teórica e tem duração de 4 a 6 semanas. No pós-parto são transmitidas informações sobre posturas e exercícios de recuperação, adaptação ao papel parental, massagem do bébe e higiene oral dos o aos 3 anos».

curso_nasc_part_aces_central.jpgNa opinião da Enf. Mariana Ponte os cursos de preparação para o parto são um ótimo meio de promoção da saúde, pois, «contribuem para que o casal possa adquirir competências e conhecimentos para lidar de uma maneira tranquila e gratificante para ambos com as alterações que surgem durante a gravidez», acrescentando que, a troca de experiências permite «reduzir a ansiedade relativamente ao parto e aumenta a autoconfiança do casal na preparação para a parentalidade».

Além disso, «esta é uma altura ótima para modificar comportamentos, porque o casal está muito receptivo à aprendizagem. E, desta forma, adquirirem hábitos mais saudáveis de vida com benefícios para o bébe e para toda a família», destaca a enfermeira especialista em saúde materna e obstetrícia, indicando que as principais dúvidas que os futuros pais colocam durante o curso «prendem-se com os aspetos do parto, saber como decorre o parto, a dor no trabalho de parto, cuidados ao recém-nascido, a amamentação e ainda em relação ao transporte e à segurança do bébe».

curso_nasc_parent_aces_central3.jpgOutro dos aspetos importantes destes cursos é possibilidade do pai ou o acompanhante da grávida também poder participar nas sessões. «Atualmente, nota-se que o pai está muito mais envolvido nos cuidados ao bébe, na amamentação, no parto. Cada vez aparecem mais pais nas sessões, são muito mais participativos e fazem muitas perguntas», elogia a Enf. Mariana Ponte, defendendo que «é essencial o envolvimento do pai no acompanhamento da gravidez. O nascimento do filho é um “projecto” do casal e não só da grávida».

Por outro lado, «é essencial porque atualmente a maior parte das nossas grávidas vivem em casal e estão sozinhas nesta fase da vida, não há a família alargada que há uns anos apoiavam a grávida.  Portanto, estes cursos ajudam muito estas mulheres», realça a Enf. Mariana Ponte, salientando que «sendo sessões em grupo, formam-se grupos de apoio mesmo entre as grávidas e criam-se laços de amizade que perduram para além da gravidez. Há muitos grupos, que após o nascimento dos bebes, voltam a encontrar-se, reúnem-se periodicamente, vão trocando experiências e são um grupo de apoio em algumas situações em que o casal está só, separado da família e precisa de apoio nessa fase».

curso_nasc_parent_aces_central4.jpgA implementação destes cursos em todos os concelhos do ACES Central foi «uma aposta» muito importante tanto para os utentes como para os profissionais das equipas das várias UCC’s que assim poderão articular-se com vista a trocarem informações entre si e melhorar o apoio aos casais.

A intenção destas equipas passa por conseguir fazer uma avaliação dos resultados alcançados. «Os procedimentos são iguais para todos os cinco centros de saúde e a avaliação é igual em todos os centros de saúde. Trabalhando todos estes dados, daqui por um ano, já poderemos perceber onde se poderá melhorar, em relação aos horários, números de sessões, em relação à informação que é transmitida», conclui.

 

 

 

logo_preparacao_nascimento.jpg

Para mais informações e contactos das diferentes equipas consultar: Folheto Informativo sobre Curso Preparação para o Nascimento e Parentalidade no ACES Central

curso_nasc_parent_aces_central2.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão