Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

ACS e MerckSerono criam prémio de investigação em Epidemiologia do Cancro

O Alto Comissariado da Saúde, através da Coordenação Nacional para as Doenças Oncológicas, com o apoio da MerckSerono, criou o Prémio ACS/Merck em Epidemiologia do Cancro, com o objectivo de incentivar a investigação e contribuir para o avanço do conhecimento científico nesta área.

 

O Prémio, no valor de 70 mil euros, atribuído anualmente ao melhor trabalho de investigação português no domínio da epidemiologia do cancro, surge na sequência das actividades desenvolvidas pela CNDO na área da vigilância epidemiológica, nomeadamente a melhoria dos registos oncológicos.

 

Podem candidatar-se investigadores nacionais, a título individual ou colectivo, ou pessoas colectivas sem fins lucrativos que actuem na área da Saúde, em Portugal.

 

As candidaturas devem ser entregues, no ACS, em quatro exemplares, até 15 de Outubro de 2008.

 

No âmbito desta parceria, compete ao ACS/CNDO prestar apoio técnico na avaliação dos projectos candidatos, sendo o valor do Prémio financiado pela MerckSerono. Na análise das candidaturas, serão tidos em conta factores como a inovação e o impacto na melhoria da saúde das populações.

 

Melhorar a vigilância epidemiológica é uma estratégia prioritária do Plano Nacional de Prevenção e Controlo das Doenças Oncológicas 2007-2010, na qual a CNDO tem investido, com o objectivo de aperfeiçoar o fornecimento, em tempo útil, de dados robustos relativos à incidência, sobrevivência e prevalência do cancro.

 

Estes registos são fundamentais para o desenvolvimento de actividades de investigação epidemiológica.

 

O incentivo à Investigação e Desenvolvimento em áreas prioritárias, como é o caso do cancro, é ainda uma das estratégias consagradas no Plano Nacional de Saúde, documento que compete ao ACS promover, acompanhar e monitorizar.

 

Mais informações: Alto Comissariado da Saúde

O Alto Comissariado da Saúde, através da Coordenação Nacional para as Doenças Oncológicas, com o apoio da MerckSerono, criou o Prémio ACS/Merck em Epidemiologia do Cancro, com o objectivo de incentivar a investigação e contribuir para o avanço do conhecimento científico nesta área.

 

O Prémio, no valor de 70 mil euros, atribuído anualmente ao melhor trabalho de investigação português no domínio da epidemiologia do cancro, surge na sequência das actividades desenvolvidas pela CNDO na área da vigilância epidemiológica, nomeadamente a melhoria dos registos oncológicos.

 

Podem candidatar-se investigadores nacionais, a título individual ou colectivo, ou pessoas colectivas sem fins lucrativos que actuem na área da Saúde, em Portugal.

 

As candidaturas devem ser entregues, no ACS, em quatro exemplares, até 15 de Outubro de 2008.

 

No âmbito desta parceria, compete ao ACS/CNDO prestar apoio técnico na avaliação dos projectos candidatos, sendo o valor do Prémio financiado pela MerckSerono. Na análise das candidaturas, serão tidos em conta factores como a inovação e o impacto na melhoria da saúde das populações.

 

Melhorar a vigilância epidemiológica é uma estratégia prioritária do Plano Nacional de Prevenção e Controlo das Doenças Oncológicas 2007-2010, na qual a CNDO tem investido, com o objectivo de aperfeiçoar o fornecimento, em tempo útil, de dados robustos relativos à incidência, sobrevivência e prevalência do cancro.

 

Estes registos são fundamentais para o desenvolvimento de actividades de investigação epidemiológica.

 

O incentivo à Investigação e Desenvolvimento em áreas prioritárias, como é o caso do cancro, é ainda uma das estratégias consagradas no Plano Nacional de Saúde, documento que compete ao ACS promover, acompanhar e monitorizar.

 

Mais informações: Alto Comissariado da Saúde

Voltar
RSE - Area Cidadão