rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Algarve com mais 100 camas de cuidados continuados após celebração de acordos do Programa Modelar 2 da RNCCI

image

Realizou-se em Braga este sábado, dia 5 de Junho, uma cerimónia de assinatura de acordos entre as Administrações Regionais de Saúde e as Instituições Particulares de Solidariedade Social, no âmbito do Programa Modelar 2 da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), que irá alargar a oferta na Região do Algarve com mais 100 camas de cuidados continuados na tipologia de Longa Duração e Manutenção (ULDM) até 2011. A cerimónia contou com a presença da Ministra da Saúde, Dra. Ana Jorge e da Ministra do Trabalho e Solidariedade Social, Dra. Maria Helena André.

  

image

Realizou-se em Braga este sábado, dia 5 de Junho, uma cerimónia de assinatura de acordos entre as Administrações Regionais de Saúde e as Instituições Particulares de Solidariedade Social, no âmbito do Programa Modelar 2 da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), que irá alargar a oferta na Região do Algarve com mais 100 camas de cuidados continuados na tipologia de Longa Duração e Manutenção (ULDM) até 2011. A cerimónia contou com a presença da Ministra da Saúde, Dra. Ana Jorge e da Ministra do Trabalho e Solidariedade Social, Dra. Maria Helena André.

  

O Programa Modelar 2 aprovou 73 candidaturas, de norte a sul do país, que permitirão criar 2.159 novos lugares de internamento nas diversas tipologias, num investimento de 140 milhões de euros, 37,5 milhões de euros dos quais da responsabilidade do Estado, financiados integralmente por verbas provenientes dos Jogos Sociais.

 

No seu discurso na cerimónia de abertura, a Ministra do Trabalho e Solidariedade Social, Dra. Maria Helena André, sublinhou a importância do trabalho realizado em conjunto entre os dois ministérios, no sentido de alcançar «uma reposta nova, inovadora e que pretende corresponder às necessidades de recuperação e de autonomia das pessoas» envelhecidas e dependentes, através de «serviços com mais qualidade», garantindo uma «distribuição regional equitativa em teremos de apoio social».

image

 

Através do Programa Modelar 2, o Governo revê o compromisso da meta de cobertura nacional em cuidados continuados, antecipando para 2013 o que estava previsto para o ano de 2016, prevendo, dentro de três anos, a existência de um total de 10 322 lugares no âmbito da RNCCI, distribuídos da seguinte forma: 2159 camas em Unidades de Convalescença, 1921 camas de Média Duração e Manutenção, 5970 camas de Longa duração e Manutenção e 272 camas de Cuidados Paliativos.

 

Também para 2013, está previsto que em todos os centros de saúde do País haja uma equipa de cuidados continuados integrados domiciliários no âmbito da RNCCI.

 

A Ministra da Saúde, Dra. Ana Jorge, realçou que as «respostas ainda são insuficientes», mas que as medidas agora realizadas através da RNCCI vêm «fortalecer o Sistema Nacional de Saúde», felicitando o envolvimento das misericórdias e IPSS’s em prol do bem-estar da população, anunciando que está prevista em breve a criação de serviços nesta rede com capacidade de resposta à problemática da saúde mental.

 

imagem

As 100 novas camas agora aprovadas para o Algarve, com o valor máximo de financiamento de 750.000 euros por projecto, distribuem-se pelas candidaturas da Fundação Algarvia de Desenvolvimento Social (Estói, 41 camas), da Casa da Criança do Rogil (Aljezur, 29 camas) e da Fundação Algarvia de Desenvolvimento Social (Monchique, 30 camas).

 

Estas camas somar-se-ão à capacidade anteriormente aprovada de 125 lugares, no âmbito no Modelar 1, cujos projectos encontram-se em fase de lançamento de obra ou já em fase de execução, e às actuais 317 camas de internamento destinadas a cuidados continuados a pessoas idosas e dependentes, sendo 50 camas de convalescença, 10 camas de cuidados paliativos, 74 camas para internamentos de média duração e reabilitação e 183 camas para internamentos de longa duração e manutenção, em funcionamento no Algarve.

 

imagem

A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados foi criada em 2006, pelos ministérios da Saúde e do Trabalho e da Solidariedade Social, e tem como objectivo a oferta de respostas que permitam aos seus utentes recuperarem a autonomia para as actividades da vida diária e reduzirem o seu grau de dependência.

 

Até ao momento, a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados deu resposta a cerca de 50.000 utentes e prestou cuidados domiciliários a mais de 4000 pessoas.

 

Mais fotografias da assinatura de protocolos da RNCCI, Programa Modelar 2, ver aqui.

image
Voltar
RSE - Area Cidadão