Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Algarve foi a região do continente português com mais nascimentos em 2008

imagemDe acordo com os dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística e pela Direcção Geral de Saúde, o Algarve foi a região do continente que registou maior taxa de natalidade, 11,5/1.000, referentes a 4942 nascimentos, superando o valor atingido em 2007.

 

 

imagemDe acordo com os dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística e pela Direcção Geral de Saúde, o Algarve foi a região do continente que registou maior taxa de natalidade, 11,5/1.000, referentes a 4942 nascimentos, superando o valor atingido em 2007.

 

 

 

 

 

 

Taxa Natalidade

 

2004

2005

2006

2007

2008

Norte

10,3

10,1

9,7

9,2

9,4

Centro

9,2

9,0

8,7

8,2

8,3

Lisboa e Vale do Tejo

11,1

11,3

10,9

10,8

11,1

Alentejo

8,8

8,6

8,0

7,8

8,1

Algarve

11,7

11,9

11,4

11,5

11,5

Portugal

10,4

10,4

9,9

9,7

9,8

Fonte INE

 

Os dados agora disponibilizados confirmam o crescimento da população infantil e os resultados apresentados pelo Instituto Nacional de Estatística ao longo dos últimos anos no que se refere ao número de crianças registados no Algarve.

 

 1996

1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

3.690

3.829

4.066

4.329

4.343

4.164

4.485

4.649

4.772

4.950

4.823

4.892

4.942

Fonte: INE

 

Os dados, agora conhecidos, confirmam os dados anteriormente disponibilizados pelos Hospitais do Algarve, referentes ao ano de 2008, que revelavam que nasceram na região do 4.804 crianças, das quais 1.139 filhas de mãe estrangeira, valores que superavam os atingidos em 2007 e colocam o Algarve como uma das regiões portuguesas com maior natalidade, confirmando a crescente importância da população migrante no desenvolvimento socioeconómico do Algarve e na sua contribuição para o rejuvenescimento da população da região.

 

NADOS VIVOS POR NACIONALIDADE DA MÃE (HOSPITAIS)

 

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

Mãe Estrangeira

216

297

407

583

662

777

862

1.021

1.139

Mãe Portuguesa

4.054

3.755

3.951

3.950

3.998

4.065

3.826

3.781

3.665

TOTAL

4.270

4.052

4.358

4.533

4.660

4.842

4.688

4.802

4.804

% Nados Vivos Mãe Estrangeira

5%

7%

9%

13%

14%

16%

18%

21%

24%

 Fonte: Hospitais do Algarve 

 

No que se refere à contribuição para o rejuvenescimento da população do Algarve por parte da população estrangeira, verificamos que as dez nacionalidades mais representativas são por ordem decrescente: a brasileira, ucraniana, a romena, a moldava, a inglesa, a guineense, a angolana, a cabo-verdiana, a francesa, e a búlgara.

 

HOSPITAIS DO ALGARVE – NADOS VIVOS POR NACIONALIDADE DA MÃE (TOP 10 – 2008)

PAÍSES

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

BRASIL

21

34

67

81

108

174

226

275

365

UCRANIA

1

30

68

97

114

112

116

150

150

ROMENIA

5

12

47

70

80

106

107

143

130

REPUBLICA MOLDOVA

0

9

24

50

63

84

73

100

100

INGLATERRA

33

31

21

41

46

57

51

48

67

GUINE BISSAU

8

11

7

15

13

10

20

27

35

ANGOLA

25

32

26

31

36

30

30

25

34

CABO VERDE

20

21

18

31

20

26

38

29

32

FRANÇA

16

15

13

18

15

19

19

9

20

BULGÁRIA

0

2

7

6

14

12

16

19

19

TOTAL

129

197

298

440

509

630

696

825

952

Total Estrangeiros

216

297

407

583

662

777

862

1.021

1.139

PORTUGAL

4.054

3.755

3.951

3.950

3.998

4.065

3.826

3.781

3.665

TOTAL de Nados Vivos

4.270

4.052

4.358

4.533

4.660

4.842

4.688

4.802

4.804

Acrescentamos ainda que o Algarve registou em 2008, a taxa de mortalidade infantil mais baixa dos últimos anos 5 anos, 3.2/1.000.

O Conselho Directivo da ARS Algarve

Faro, 27 de Agosto de 2009

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão