Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Algarve presente na 5ª edição do Prémio de Boas Práticas em Saúde da APDH

O projeto da «Unidade de Cirurgia do Ambulatório do Hospital de Faro, Satisfação do utente» do Hospital de Faro, «Melhorar a Gestão das Camas do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio» do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio e «Unidade de Terapia Familiar – Uma Resposta da Saúde» da Administração Regional de Saúde do Algarve IP, foram os três projetos da região do Algarve a marcar presença na 5ª edição do Prémio de Boas Práticas em Saúde com o tema central «Inovação e Empreendorismo na Saúde», organizada pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar (APDH), nos dias 11 e 12 de Outubro de 2011 em Matosinhos, cujos projetos vencedores a nível local e nacional foram «Olhar a Visão» da UCC Cacém Care e o «Programa Nacional de Desfibrilhação Automática Externa» do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

imagem

 

Esta edição do Prémio de Boas Práticas em Saúde, que pela primeira vez integrou um projeto da região autónoma dos Açores, contou com a presença de representantes das Administrações Regionais de Saúde, da Direção-geral da Saúde, da Administração Central de Sistemas de Saúde IP (ACSS) e várias instituições de ensino superior.

 

Tendo sido iniciada esta 5ª edição do Prémio de Boas Práticas em Saúde da APDH com um Roadshow, foram apresentados, durante o primeiro dia, cinco projetos da edição de 2010, em formato atualizado, no sentido de partilhar o desenvolvimento na prática dos projetos desde que foram implementados e contribuir para incentivar a novas iniciativas de qualidade e inovação e à disseminação de boas práticas de serviços de saúde.

 

imagem

Os projetos apresentados abrangeram temas como «Implementação do Programa ECMO no Hospital de São João» do Centro Hospitalar de São João, «Apoio Domiciliário na área da Neonatologia» da Maternidade Alfredo da Costa, «Saúde na Mira» da UCC Saúde na Mira (ACES Alentejo Litoral), «Consulta da Baixa Visão» do Hospital Pediátrico de Coimbra e «Unidade de Terapia Familiar – Uma Resposta da Saúde» da Administração Regional de Saúde do Algarve IP, apresentado pela Dra. Alexandra Alexandre.

 

De seguida realizou-se uma conferência sobre «Inovação e Empreendorismo na Saúde», proferido por Dr. Luís Pina Rebelo da Universidade Católica e uma apresentação sobre a «Oportunidade do Prémio de Boas Práticas» da presidente da APDH, Dra. Ana Escoval.

 

imagem

No decorrer do segundo dia foram apresentados projetos que abrangem áreas «desde a resposta a ameaças à saúde até à reconfiguração de serviços prestadores de cuidados de saúde ou melhoria da organização dos mesmos», conforme a descrição da organização, tendo sido apresentados projetos de boa prática envolvendo «Triagem Rápida com Imagem à Distância», «Otimização dos Níveis de Dose em Estudos Imagiológicos Torácicos no Departamento de Imagiologia do Centro hospitalar de Coimbra», «Consulta de Cooperação Internacional – Cardiologia Pediátrica» e «Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos Beja+», entre outros.

 

A região do Algarve esteve representada com dois projetos. «Unidade de Cirurgia do Ambulatório do Hospital de Faro, Satisfação do utente» do Hospital de Faro, apresentado por Dra. Ana Lares, testemunhou o trabalho desenvolvido para melhorar a acessibilidade e combater as listas de espera naquela unidade hospitalar, e «Melhorar a Gestão das Camas do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio do CHBA, apresentado pelo enfermeiro Arsénio Gregório, que visa diminuir o número de internamentos longos e reforçar a gestão de camas.

 

imagem

Depois de uma avaliação feita pela Comissão Científica destes projetos (através de formulários, da observação in loco e da apresentação nos encontros finais), foram atribuídas pela mão do Presidente do Conselho Diretivo da ARS Norte IP os primeiros prémios a nível local e nacional aos projetos «Olhar a Visão» da UCC Cacém Care e o «Programa Nacional de Desfibrilhação Automática Externa (DAE)» do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). O programa «Novas estratégias de Intervenção em Saúde oral» da Direção-geral da Saúde obteve uma menção honrosa.

 

O prémio Boas Práticas em Saúde foi lançado em 2006, pela Direção-geral da Saúde, para reconhecer o trabalho dos profissionais e de equipas de serviços de saúde, dos setores público, social e privado, que contribuem para a melhoria dos resultados em saúde e a promoção da equidade, efetividade e eficiência.

imagem

 

Este processo de distinção de BPS tem sido patrocinado também pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), pelo Alto-Comissariado da Saúde (ACS) e pelas Administrações Regionais de Saúde (ARS), e tem contado ainda com o apoio da Deloitte e da Novartis Oncology.

O projeto da «Unidade de Cirurgia do Ambulatório do Hospital de Faro, Satisfação do utente» do Hospital de Faro, «Melhorar a Gestão das Camas do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio» do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio e «Unidade de Terapia Familiar – Uma Resposta da Saúde» da Administração Regional de Saúde do Algarve IP, foram os três projetos da região do Algarve a marcar presença na 5ª edição do Prémio de Boas Práticas em Saúde com o tema central «Inovação e Empreendorismo na Saúde», organizada pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar (APDH), nos dias 11 e 12 de Outubro de 2011 em Matosinhos, cujos projetos vencedores a nível local e nacional foram «Olhar a Visão» da UCC Cacém Care e o «Programa Nacional de Desfibrilhação Automática Externa» do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

imagem

 

Esta edição do Prémio de Boas Práticas em Saúde, que pela primeira vez integrou um projeto da região autónoma dos Açores, contou com a presença de representantes das Administrações Regionais de Saúde, da Direção-geral da Saúde, da Administração Central de Sistemas de Saúde IP (ACSS) e várias instituições de ensino superior.

 

Tendo sido iniciada esta 5ª edição do Prémio de Boas Práticas em Saúde da APDH com um Roadshow, foram apresentados, durante o primeiro dia, cinco projetos da edição de 2010, em formato atualizado, no sentido de partilhar o desenvolvimento na prática dos projetos desde que foram implementados e contribuir para incentivar a novas iniciativas de qualidade e inovação e à disseminação de boas práticas de serviços de saúde.

 

imagem

Os projetos apresentados abrangeram temas como «Implementação do Programa ECMO no Hospital de São João» do Centro Hospitalar de São João, «Apoio Domiciliário na área da Neonatologia» da Maternidade Alfredo da Costa, «Saúde na Mira» da UCC Saúde na Mira (ACES Alentejo Litoral), «Consulta da Baixa Visão» do Hospital Pediátrico de Coimbra e «Unidade de Terapia Familiar – Uma Resposta da Saúde» da Administração Regional de Saúde do Algarve IP, apresentado pela Dra. Alexandra Alexandre.

 

De seguida realizou-se uma conferência sobre «Inovação e Empreendorismo na Saúde», proferido por Dr. Luís Pina Rebelo da Universidade Católica e uma apresentação sobre a «Oportunidade do Prémio de Boas Práticas» da presidente da APDH, Dra. Ana Escoval.

 

imagem

No decorrer do segundo dia foram apresentados projetos que abrangem áreas «desde a resposta a ameaças à saúde até à reconfiguração de serviços prestadores de cuidados de saúde ou melhoria da organização dos mesmos», conforme a descrição da organização, tendo sido apresentados projetos de boa prática envolvendo «Triagem Rápida com Imagem à Distância», «Otimização dos Níveis de Dose em Estudos Imagiológicos Torácicos no Departamento de Imagiologia do Centro hospitalar de Coimbra», «Consulta de Cooperação Internacional – Cardiologia Pediátrica» e «Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos Beja+», entre outros.

 

A região do Algarve esteve representada com dois projetos. «Unidade de Cirurgia do Ambulatório do Hospital de Faro, Satisfação do utente» do Hospital de Faro, apresentado por Dra. Ana Lares, testemunhou o trabalho desenvolvido para melhorar a acessibilidade e combater as listas de espera naquela unidade hospitalar, e «Melhorar a Gestão das Camas do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio do CHBA, apresentado pelo enfermeiro Arsénio Gregório, que visa diminuir o número de internamentos longos e reforçar a gestão de camas.

 

imagem

Depois de uma avaliação feita pela Comissão Científica destes projetos (através de formulários, da observação in loco e da apresentação nos encontros finais), foram atribuídas pela mão do Presidente do Conselho Diretivo da ARS Norte IP os primeiros prémios a nível local e nacional aos projetos «Olhar a Visão» da UCC Cacém Care e o «Programa Nacional de Desfibrilhação Automática Externa (DAE)» do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). O programa «Novas estratégias de Intervenção em Saúde oral» da Direção-geral da Saúde obteve uma menção honrosa.

 

O prémio Boas Práticas em Saúde foi lançado em 2006, pela Direção-geral da Saúde, para reconhecer o trabalho dos profissionais e de equipas de serviços de saúde, dos setores público, social e privado, que contribuem para a melhoria dos resultados em saúde e a promoção da equidade, efetividade e eficiência.

imagem

 

Este processo de distinção de BPS tem sido patrocinado também pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), pelo Alto-Comissariado da Saúde (ACS) e pelas Administrações Regionais de Saúde (ARS), e tem contado ainda com o apoio da Deloitte e da Novartis Oncology.

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão