rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Algarve: Primeira Região a ligar processo clínico eletrónico entre Centros de Saúde e hospitais através do Sistema de Apoio ao Médico (SAM)

 imagem

A Administração Regional de Saúde do Algarve IP implementa, a partir do dia 2 de maio de 2012, a integração dos processos clínicos eletrónicos entre os três Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) e os hospitais públicos da Região (Hospital de Faro EPE e Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio EPE) que vai permitir aos médicos visualizarem o historial clínico do utente em qualquer ponto da rede das unidades de saúde no Algarve, padronizar a informação e maximizar a eficiência, colocando a Região na linha da frente a nível nacional no que diz respeito à consulta do processo clínico entre as unidades de cuidados de saúde primários e hospitalares.

 imagem

A Administração Regional de Saúde do Algarve IP implementa, a partir do dia 2 de maio de 2012, a integração dos processos clínicos eletrónicos entre os três Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) e os hospitais públicos da Região (Hospital de Faro EPE e Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio EPE) que vai permitir aos médicos visualizarem o historial clínico do utente em qualquer ponto da rede das unidades de saúde no Algarve, padronizar a informação e maximizar a eficiência, colocando a Região na linha da frente a nível nacional no que diz respeito à consulta do processo clínico entre as unidades de cuidados de saúde primários e hospitalares.

 

Pretende-se com este novo processo, realizado através do Sistema de Apoio ao Médico (SAM), dotar os médicos de família e especialistas hospitalares com uma ferramenta útil e eficaz que promova o registo de dados de saúde de forma objectiva, sistemática, codificada e uniformizada, e partilhar os ficheiros clínicos dos doentes. Garante-se assim uma articulação entre os cuidados de saúde primários e hospitalares, agilizando os processos e optimizando as sinergias provenientes da articulação clínica. Este processo visa melhorar a capacidade de resposta aos doentes tanto a nível de atendimento como de tratamento.

 

A interligação entre os serviços de saúde visa aproximar os profissionais nos vários níveis do Serviço Nacional de Saúde e melhorar os cuidados de saúde dos utentes, evitando a duplicação de Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT), de custos administrativos e de transporte.

 

De referir que a implementação deste sistema do processo clínico electrónico entre os cuidados de saúde primários e os hospitalares no Algarve, encontra-se integrado no âmbito do projecto nacional de criação da Plataforma de Dados de Saúde, em desenvolvimento pelo Ministério da Saúde. 

 

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão