rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Alto Comissariado da Saúde faz avaliação do Canal Mais Saúde no Algarve

imagemEncontra-se a decorrer o processo de avaliação do Canal Mais Saúde do Alto Comissariado da Saúde, que iniciou, há cerca de um ano, a emissão nas salas de espera de algumas unidades de saúde da ARS Algarve,IP, com o objectivo de melhorar a literacia em saúde e capacitação do cidadão no âmbito do Plano Nacional de Saúde. Este processo de avaliação agora iniciado pelo ACS pretende conhecer a opinião e a percepção dos utentes das unidades de saúde sobre o Canal Mais Saúde, através da realização de estudos de mercado quantitativo e qualitativo, complementados com a utilização de dispositivos electrónicos de medição de audiências.

imagemEncontra-se a decorrer o processo de avaliação do Canal Mais Saúde do Alto Comissariado da Saúde, que iniciou, há cerca de um ano, a emissão nas salas de espera de algumas unidades de saúde da ARS Algarve,IP, com o objectivo de melhorar a literacia em saúde e capacitação do cidadão no âmbito do Plano Nacional de Saúde. Este processo de avaliação agora iniciado pelo ACS pretende conhecer a opinião e a percepção dos utentes das unidades de saúde sobre o Canal Mais Saúde, através da realização de estudos de mercado quantitativo e qualitativo, complementados com a utilização de dispositivos electrónicos de medição de audiências.


 

A primeira fase do processo de avaliação decorreu em Julho de 2010, com o arranque do estudo quantitativo, através da aplicação de inquéritos por questionário aos utentes das salas de espera do Hospital de Faro e das Unidades de Saúde Familiar (USF) Al-Garb (Faro) e Balsa (Tavira).

A segunda fase, que terá início em Setembro de 2010, consiste na conclusão do estudo quantitativo e na realização do estudo qualitativo, através de entrevistas pessoais, com o objectivo de conhecer a opinião dos utentes de forma mais aprofundada. Ambos os estudos estão a ser desenvolvidos com o apoio científico e logístico da Universidade do Algarve.

A utilização de sistemas electrónicos de medição de audiências complementa os estudos qualitativo e quantitativo, na medida em que permite a recolha e o tratamento de um conjunto de métricas de audiência, entre elas, a obtenção de dados relativos ao número total de visualizações dos ecrãs, o tempo médio de atenção à programação ou a distribuição da atenção dos espectadores durante um intervalo de tempo definido.

Este dispositivo funciona através da colocação de câmaras associadas aos ecrãs que, através das imagens recolhidas em tempo real, detectam as faces, a distância e o tempo despendido pelos espectadores a observar os conteúdos. Esta aplicação garante a privacidade dos utentes, pois não procede à gravação de imagens nem à recolha de dados pessoais individuais.

Com a avaliação do Canal Mais Saúde, o Alto Comissariado da Saúde pretende:

– Monitorizar os resultados do Projecto-piloto na ARS Algarve

– Avaliar e consolidar o modelo de comunicação e dinâmica adoptados

– Aferir as potencialidades de alargamento do Canal a outras regiões do país

As conclusões da avaliação só estarão disponíveis em Dezembro de 2010, mas o Alto Comissariado da Saúde encontra-se a preparar o alargamento faseado do Canal à Administração Regional de Lisboa e Vale do Tejo, contanto já com o envolvimento de três hospitais e 65 USF, para a instalação do Projecto até ao final de 2010.

Consultar:

 Canal Mais Saúde no Youtube

Fonte: Alto Comissariado da Saúde

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão