rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

ARS Algarve IP e INEM assinam protocolo de gestão conjunta de meios de Suporte Imediato de Vida

inem4.jpgA Administração Regional de Saúde do Algarve IP e o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) assinaram no dia 3 de Fevereiro um Protocolo de gestão conjunta de meios de Suporte Imediato de Vida com vista à partilha de recursos humanos, designadamente enfermeiros, entre os Serviços de Urgência Básica de Loulé e de Vila Real de Santo António e as Ambulâncias de Suporte Imediato de Vida de Loulé, Vila Real de Santo António e Tavira. A celebração do protocolo decorreu durante a inauguração das novas instalações da Delegação Regional do Algarve do INEM e contou com a presença do Presidente do Conselho Directivo da ARS Algarve IP, Dr. Rui Lourenço, do Presidente do Conselho Directivo do INEM, Dr. Miguel Soares de Oliveira, do Director Regional do INEM, Dr. Richard Glied, e do Presidente da Câmara Municipal de Faro, Engº Macário Correia.

 

inem4.jpgA Administração Regional de Saúde do Algarve IP e o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) assinaram no dia 3 de Fevereiro um Protocolo de gestão conjunta de meios de Suporte Imediato de Vida com vista à partilha de recursos humanos, designadamente enfermeiros, entre os Serviços de Urgência Básica de Loulé e de Vila Real de Santo António e as Ambulâncias de Suporte Imediato de Vida de Loulé, Vila Real de Santo António e Tavira. A celebração do protocolo decorreu durante a inauguração das novas instalações da Delegação Regional do Algarve do INEM e contou com a presença do Presidente do Conselho Directivo da ARS Algarve IP, Dr. Rui Lourenço, do Presidente do Conselho Directivo do INEM, Dr. Miguel Soares de Oliveira, do Director Regional do INEM, Dr. Richard Glied, e do Presidente da Câmara Municipal de Faro, Engº Macário Correia.

 

 

Na Cerimónia de inauguração das instalações da Delegação Regional do Algarve do INEM, localizadas em Sítio Guilhim – Edifício A1 do Mercado Abastecedor da Região de Faro,  e após a visita aos escritórios e à sala do CODU, o Presidente da ARS Algarve IP, Dr. Rui Lourenço, reiterou no seu discurso, a importância do protocolo entre a ARS Algarve IP e o INEM como sendo «um passo muito importante» no trabalho de requalificação da rede de urgência e emergência do Algarve, organizado «de forma pioneira», estando incluídos ao abrigo deste novo protocolo os Serviços de Urgência Básica de Loulé e de Vila Real de Santo António, apoiados por ambulâncias de Suporte Imediato de Vida de Loulé, Vila Real de Santo António e Tavira.

 

inem3.jpgDelineando o modo de funcionamento do registo clínico electrónico entre os quatro Serviços de Urgência Básica e os dois hospitais públicos da região, que  permite que «as pessoas possam ser transferidas entre os dois níveis de cuidados, sendo que a sua informação clínica e exames complementares de diagnóstico é observada nos diversos níveis do sistema», o Dr. Rui Lourenço frisou que «estamos em condições de começarmos a trabalhar num arco fechado de informação clínica electrónica em todos os Serviços de Urgência Básica do Algarve».

 

Tendo sido a região do Algarve a primeira no País a implementar a Via Verde Coronária e a Via Verde do AVC, Dr. Rui Lourenço realçou que «o Algarve é hoje reconhecido a nível nacional e internacional como uma das melhores práticas no que diz respeito à Via Verde do Enfarte do Agudo Miocárdio», existindo ainda «muito trabalho para fazer em relação à Via Verde do AVC, sobretudo na identificação dos primeiros sintomas por parte dos cidadãos».

 

Com este protocolo com o INEM, explicou Dr. Rui Lourenço, «os profissionais das SIV passam a estar integrados no quadro do Serviço de Urgência Básica», permitindo «que se sustente melhor a relação entre a emergência pré-hospitalar e hospitalar» e «que se comece a solucionar, de forma adequada as transferências dos doentes críticos entre os diferentes pontos da rede».

 

inem1.jpgFinalizando a sua intervenção, o Presidente da ARS Algarve IP exprimiu a esperança de que a sociedade civil «reconheça o trabalho desenvolvido» e que a rede urgência/ emergência «seja também uma mais-valia para o sector social e económico da região com tem sido os últimos anos».

 

Por seu lado, o Presidente do INEM, Dr. Miguel Soares de Oliveira elogiou o trabalho desenvolvido por parte dos profissionais do INEM na região, destacando a importância do protocolo assinado que vem permitir «uma verdadeira integração das ambulâncias e das viaturas médicas na rede de Serviço de Urgências» com «inequívocos ganhos de gestão de recursos humanos», que serão partilhados entre o SUB e o INEM, potenciando-se sinergias com os recursos humanos e materiais existentes nestes dois serviços.

 

O Dr. Miguel Soares de Oliveira referiu ainda que integrando desta forma os profissionais nos Serviços de Urgência Básica permitirá «usar toda a competência para servir a população» de forma mais abrangente.

 

inem2.jpgDada a conjuntura económica, e sem reduzir os meios disponíveis, «vamos partilhar recursos para, em conjunto, gastarmos o mesmo mas fazermos mais e rentabilizar investimento», salientou o Presidente do INEM, concluindo que esta integração trará «ganhos em eficiência, ganhos em manutenção de competências», e, ainda «uma valência que o sistema não tinha que vai existir de forma estruturada, organizada, com um responsável identificado, alguém que assegura o Transporte de Doentes Críticos Urgentes a todos os doentes graves que precisam de ir de um nível para o outro».

inem4.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão