rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

ARS Algarve IP promoveu ação de formação em multiculturalidade e registo de utentes nos serviços de saúde no ACES Central

Um grupo de 28 assistentes técnicos do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Central participaram, no passado dia 19 de novembro, na 2ª ação de formação em multiculturalidade e registo de utentes nos serviços de saúde da região, promovida pela Administração Regional de Saúde do Algarve IP, em parceria com o Alto Comissariado para a Integração e Diálogo Intercultural (ACIDI), com o objetivo de sensibilizar os profissionais para as questões relacionadas com a migração e saúde e potenciar um atendimento de qualidade e um serviço mais eficiente em prol do cidadão.


A sessão decorreu no Laboratório Regional de Saúde Pública –Dra Laura Ayres tendo contado com a participação de um representante de cada unidade funcional do ACES Central, que posteriormente irão replicar os conteúdos da formação aos seus pares.


Estas ações de formação para Interculturalidade e Acesso dos Imigrantes ao Serviço Nacional de Saúde (SNS), realizadas no âmbito das comemorações do Ano Europeu dos Cidadãos, vão decorrer nos três Agrupamentos de Centros de Saúde da Região com o objetivo de fomentar a uniformização de procedimentos e assim prestar um melhor serviço aos cidadãos utilizadores dos serviços de saúde do Algarve.


A primeira ação decorreu no passado dia 8 de outubro no ACES Sotavento, seguindo-se o ACES Central no dia 19 de novembro. A próxima sessão será no ACES Barlavento no dia 10 de dezembro e irá abranger 54 formandos.


Dirigida essencialmente aos Coordenadores de Unidades, Técnicos de Serviço Social responsáveis dos Gabinetes do Cidadão, aos Gestores de Máquinas, Assistentes Técnicos, e outros profissionais que utilizem o RNU e/ou participem no acolhimento dos utentes, a ação além da componente teórica é complementada com uma formação «on job», visto que é no contexto de trabalho que, por vezes, se colocam as maiores dúvidas. Estima-se que as ações abranjam cerca de 108 profissionais.


Esta iniciativa visa atender à Medida nº 36 do Plano Nacional para a Integração dos Imigrantes em que é preconizada a realização de ações de formação anuais na área da interculturalidade dirigidas aos profissionais do SNS.

Voltar
RSE - Area Cidadão