rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Boa prática Algarvia recebe Prémio Nacional do Alto Comissariado da Saúde – «Grupo de Apoio à Saúde Mental Infantil – Intervenção Comunitária» recebeu o Prémio «Prevenção da Doença»

imagemO trabalho «Grupo de Apoio à Saúde Mental Infantil – Intervenção Comunitária», apresentado pelo GASMI de Loulé, recebeu o Prémio «Prevenção da Doença», atribuído pelo Alto Comissariado da Saúde por ocasião do II Fórum Nacional de Saúde, que decorreu nos dias 10 e 11 de Fevereiro de 2009, em Lisboa.

imagemO trabalho «Grupo de Apoio à Saúde Mental Infantil – Intervenção Comunitária», apresentado pelo GASMI de Loulé, recebeu o Prémio «Prevenção da Doença», atribuído pelo Alto Comissariado da Saúde por ocasião do II Fórum Nacional de Saúde, que decorreu nos dias 10 e 11 de Fevereiro de 2009, em Lisboa.

 

 

 

imagem

 

A relevância do trabalho desenvolvido pelos GASMI’s, ao longo dos últimos anos, tem sido reconhecido pela comunidade científica fazendo este projecto parte dos projectos integrados no Banco de Inovação em Saúde, I-Bank, Health Innovation Bank.

 

As equipas interdisciplinares dos Grupos de Apoio à Saúde Mental Infantil (GASMI), nascidas em 2001 na ARS do Algarve em parceria com o Departamento de Psiquiatria da Infância e da Adolescência do Hospital de Dona Estefânia, constituídas por psicólogos, médicos (medicina geral e familiar ou pediatra), enfermeiros, assistentes sociais, e terapeutas dos Centros de Saúde, supervisionadas por um consultor de psiquiatria da infância e da adolescência daquele Departamento, de modo a permitir a triagem, a avaliação e o atendimento de casos de crianças/famílias de risco com psicopatologia ligeira, encaminhando as situações de psicopatologia mais complexa para Hospital Pediátrico de Dona Estefânia.

 

imagemEstas equipas articulam-se em primeira linha com os profissionais de saúde dos Hospitais e Centros de Saúde e em segunda linha com outras estruturas da comunidade, nomeadamente Serviços Sociais, Escolas e Jardins de Infância, Comissões de Protecção de Crianças e Jovens em Risco, Equipas de Intervenção Precoce, Instituições de Acolhimento para Crianças em Risco, Centros de Atendimento a Toxicodependentes, projectos de intervenção psicossocial locais e Autarquias.

 

Actualmente estão em funcionamento 8 equipas, sedeadas em Vila Real de Santo António (VRSA/Alcoutim), Tavira (Tavira/Castro Marim), Olhão, Faro (Faro/São Brás de Alportel), Loulé, Albufeira (Albufeira/Silves), Portimão (Portimão/Lagoa/Monchique), Lagos (Lagos/Vila Bispo/Aljezur)

 

Esta iniciativa da ARS do Algarve construída em parceria com o Departamento de Psiquiatria da Infância e da Adolescência do Hospital de Dona Estefânia, e os bons resultados daí resultantes, levaram a Comissão Nacional Para a Reestruturação dos Serviços de Saúde Mental a recomendar no seu Relatório de 12 de Abril de 2007 (páginas 99/100/101), “Reestruturação e Desenvolvimento dos Serviços de Saúde Mental em Portugal “, a “criação e desenvolvimento deste tipo de equipas” a nível nacional, com base na experiência desenvolvida na ARS Algarve.

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão