Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Boas práticas da ARS Algarve na área da prevenção do VIH/SIDA apresentadas na Conferência Europeia do Projeto AIR sobre estratégias regionais para reduzir as desigualdades de saúde nos Cuidados de Saúde Primários

conferencia_projeto_air.jpgEntre os dias 18 e 20 de abril de 2012 a Administração Regional de Saúde do Algarve IP, enquanto elemento integrante da Rede ENRICH (European Network of Regions Improving Citizens Health) e parceiro colaborador do projeto europeu AIR (Addressing Health Inequalities Interventions in Regions), esteve presente na Conferência Final do Projeto AIR sobre estratégias regionais para reduzir as desigualdades de saúde nos Cuidados de Saúde Primários, que decorreu na Hungria, em Budapeste, com o projeto «prevenção e detecção precoce da infecção do VIH/Sida no Algarve».

 

 

conferencia_projeto_air.jpgEntre os dias 18 e 20 de abril de 2012 a Administração Regional de Saúde do Algarve IP, enquanto elemento integrante da Rede ENRICH (European Network of Regions Improving Citizens Health) e parceiro colaborador do projeto europeu AIR (Addressing Health Inequalities Interventions in Regions), esteve presente na Conferência Final do Projeto AIR sobre estratégias regionais para reduzir as desigualdades de saúde nos Cuidados de Saúde Primários, que decorreu na Hungria, em Budapeste, com o projeto «prevenção e detecção precoce da infecção do VIH/Sida no Algarve».

 

 

 

A intervenção desenvolvida em prevenção, aconselhamento e detecção precoce da infecção VIH/SIDA na comunidade, pela ARS Algarve, através do Centro de Aconselhamento e Detecção Precoce da Infecção pelo VIH/SIDA (CAD), em parceria com outras Instituições (Instituto da Droga e Toxicodependência, Hospitais e Universidade do Algarve) e Organizações Não Governamentais (Associação para o Planeamento da Família, Movimento de Apoio à Problemática da SIDA e Grupo de Apoio aos Toxicodependentes), foi um dos cinco projetos seleccionados a nível europeu, das 46 intervenções de 16 países europeus, para ser apresentado na conferência, no dia 19 de abril, por ser, de acordo com a organização, uma das intervenções mais ilustrativas desenvolvidas no sentido da redução das iniquidades em saúde no contexto dos cuidados de saúde primários.

 

conferencia_projeto_air_2.jpgO projeto foi apresentando pela Coordenadora do CAD de Faro, a Dra. Helena Ferreira, que no decorrer da sua intervenção, destacou a experiência positiva da ARS Algarve IP e do Centro de Aconselhamento e Detecção Precoce da Infecção VIH/SIDA do trabalho desenvolvido em parceria com outras instituições da comunidade da Região na área da infecção do VIH/Sida.

 

Salientou ainda que uma resposta eficaz à infecção do VIH/Sida exige «uma abordagem multisectorial e interdisciplinar» para se conseguir «intervir de forma adequada» junto de diferentes populações e simultaneamente «potenciar recursos humanos e materiais» abrangendo assim uma zona geográfica mais extensa e oferecer a possibilidade de acesso ao aconselhamento e detecção precoce da infecção a populações mais vulneráveis e com dificuldade de acesso aos serviços de saúde.

 

conferencia_projeto_air_3.jpgNo mesmo âmbito, estas parcerias têm contribuído para que um maior número de pessoas conheça o seu estado de serológico face ao VIH, bem como detectar um maior número de pessoas seropositivas e referenciá-las para cuidados hospitalares específicos, além de promover a adopção de comportamentos preventivos e oferecer a possibilidade de acesso a meios de prevenção, nomeadamente de preservativos e a material informativo.

 

De destacar que, no decorrer da conferência, o Presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve IP, Dr. Martins dos Santos, participou juntamente com representantes de outras Regiões europeias nomeadamente de Itália, Luxemburgo, Espanha e França, numa mesa redonda intitulada «Que soluções e métodos para diminuir as iniquidades em saúde nas Regiões da Europa?».

 

Na sua intervenção, o Presidente da ARS Algarve IP chamou a atenção para a importância da «proximidade inerente» aos cuidados de saúde primários como «estratégia» para diminuir as iniquidades, sublinhando que, tendo em conta as dificuldades que neste momento atravessamos, a necessidade de «compensarmos com esforço e criatividade a atual ausência de recursos financeiros».

 

conferencia_projeto_air_4.jpgDe referir que no âmbito da Rede ENRICH (European Network of Regions Improving Citizens Health), no dia 18 de abril, o Presidente da ARS Algarve IP, acompanhado pelo elemento de ligação para Projectos Internacionais ARS Algarve IP,  Dr. António Pina, participaram em conjunto com representantes de Regiões da Itália, Alemanha, Espanha, França e Reino Unido, numa mesa redonda sobre «as melhores práticas dos diversos sistemas de saúde na europa»,  onde apresentaram as principais  linhas orientadoras e estratégias do sistema de Saúde no Algarve, salientando os aspetos mais positivos, tais como, a baixa taxa de mortalidade infantil, que nos coloca ao nível dos melhores resultados a nível mundial, e algumas das redes de referenciação implementadas na Região, como as Vias Verdes do Enfarte Agudo do Miocárdio e Acidente Vascular Cerebral  e a Rede de Cuidados Continuados Integrados.

 

No dia 20 de abril, último dia da Conferência do Projeto AIR, discutiu-se o futuro do projeto tendo a ARS Algarve reafirmado a sua intenção de continuar como parceiro colaborador.

 

O Projeto AIR, financiado pela União Europeia, tem como objetivo identificar as melhores práticas e políticas regionais para reduzir as desigualdades de saúde nos Cuidados de Saúde Primários. Representa 16 países europeus que trabalham em conjunto para investigar as desigualdades de saúde tendo em conta eficácia, custos e população alvo. A informação sobre as intervenções é obtida através da aplicação de questionários. Uma vez identificadas e analisadas as boas práticas, serão feitas recomendações sobre as mesmas aos decisores políticos em formato de linhas orientadoras.

 

Mais informações: Rede ENRICH (European Network of Regions Improving Citizens Health)

Consultar: pdf_64x64.pngApresentação 19 de abril de 2012 ARS Algarve – CAD de Faro – Prevention and early detection of HIV infection in Algarve

conferencia_projeto_air.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão