rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Canal Mais Saúde inaugurado no Algarve para capacitar utentes em termos de Saúde

image

Foi inaugurado na sexta-feira, dia 24 de Julho, no Hospital de Faro, o Canal Mais Saúde, que também já passa as emissões televisivas nos ecrãs das salas de espera em várias Unidades de Saúde Familiar e noutras entidades públicas de cuidados de saúde primários no Algarve. Este projecto piloto, que num futuro breve abrangerá também outras regiões do país, tem como objectivo informar o cidadão, contribuindo para a sua responsabilização e para a tomada de decisões informadas, dando cumprimento ao Plano Nacional de Saúde nas vertentes da promoção da saúde e prevenção da doença, tendo o lançamento contado com a presença da Alta Comissária da Saúde, Dra. Maria de Céu Machado, do Presidente do Conselho Directivo da ARS Algarve IP, Dr. Rui Lourenço e a Presidente do Conselho de Administração do Hospital de Faro, Dra. Ana Paula Gonçalves e ainda do Presidente da INSA, Professor Pereira Miguel, que deu início a este projecto no seu tempo de Alto Comissário da Saúde. 

image

Foi inaugurado na sexta-feira, dia 24 de Julho, no Hospital de Faro, o Canal Mais Saúde, que também já passa as emissões televisivas nos ecrãs das salas de espera em várias Unidades de Saúde Familiar e noutras entidades públicas de cuidados de saúde primários no Algarve. Este projecto piloto, que num futuro breve abrangerá também outras regiões do país, tem como objectivo informar o cidadão, contribuindo para a sua responsabilização e para a tomada de decisões informadas, dando cumprimento ao Plano Nacional de Saúde nas vertentes da promoção da saúde e prevenção da doença, tendo o lançamento contado com a presença da Alta Comissária da Saúde, Dra. Maria de Céu Machado, do Presidente do Conselho Directivo da ARS Algarve IP, Dr. Rui Lourenço e a Presidente do Conselho de Administração do Hospital de Faro, Dra. Ana Paula Gonçalves e ainda do Presidente da INSA, Professor Pereira Miguel, que deu início a este projecto no seu tempo de Alto Comissário da Saúde. 

 

 

A fase piloto do Canal Mais Saúde, que arrancou na Administração Regional de Saúde do Algarve IP após dois anos e meio de desenvolvimento, já abrange o Hospital de Faro, os Centros de Saúde de Vila Real de St.º António e Tavira e as Unidades de Saúde Familiar (USF) Farol e Al-Gharb. O sistema já está também instalado no Hospital de Portimão, nos Centros de Saúde de Silves, Loulé, Albufeira, Monchique e Lagos e nas USF Âncora e Mirante, em Olhão, iniciando funcionamento na próxima semana.

 image

Dr. Rui Lourenço demonstrou a sua satisfação pelo facto do Algarve ter sido escolhido pelo Alto Comissariado da Saúde como a primeira região a implementar este projecto inovador, nos dois hospitais da região e nos ACES, «a favor das pessoas e da saúde».

 

A emissão do Canal Mais Saúde, que tem uma forte ligação à sociedade civil através dos seus parceiros, possibilita a difusão de conteúdos úteis, por banda larga aos Hospitais e Centros de Saúde, que influenciem a adopção de estilos de vida saudáveis como, por exemplo, a promoção de exercício físico, a prevenção de acidentes, mas também medidas a adoptar para prevenção da Gripe A e de outras doenças. A grelha, actualmente, dividida em quatro blocos de uma hora cada, será regularmente actualizada, tendo uma vertente regional e local.

 image

Como organismo produtor de informação estatística do Ministério da Saúde, o Alto Comissariado da Saúde vai divulgar, através deste meio, os indicadores e dados estatísticos mais actuais sobre a saúde dos portugueses e estudos científicos.

 

A Alta Comissária da Saúde, Dra. Maria de Céu Machado sublinhou a importância deste projecto para «capacitar todas as pessoas sobre a Saúde e aumentar a literacía em Saúde», esclarecendo e divulgando informação de forma concisa aos utentes, através das novas tecnologias. «Gostaríamos de conseguir que este canal fique tão interessante que as pessoas gostem de ficar na sala de espera. Os produtores de Saúde são também os cidadãos. Alguns minutos a olhar para este canal, aprende-se conceitos básicos ou menos básicos e é útil», explicou Dra. Maria de Céu Machado á margem da inauguração do canal.

 image

O projecto conta com mais de 70 parceiros ao nível de conteúdos, onde se incluem instituições do Ministério da Saúde e de outros ministérios, como o da Educação e do Trabalho e Solidariedade Social, e ainda sociedades científicas, organizações não-governamentais, associações de doentes, escolas e autarquias.

 

Seguindo o lançamento do Canal Mais Saúde no Hospital de Faro, a visita e o visionamento da emissão prosseguiu na USF Farol e na USF Al-Gharb em Faro.

 image

O projecto do Canal Mais Saúde envolveu um investimento de 150 000 euros, pretendendo o Alto Comissariado da Saúde alargar a emissão do Canal Mais Saúde ao resto do País durante 2010.

image
Voltar
RSE - Area Cidadão