rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

CHBA: Gabinete de Apoio à Família arrancou em novembro na Unidade Hospitalar de Lagos

O «GAF – Gabinete de Apoio à Família do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, EPE – Unidade de Lagos», apresentado no dia 27 de novembro de 2012, na Unidade Hospitalar de Lagos, resulta de uma interação equilibrada, assente em três áreas basilares: o Serviço Social, a Fisioterapia e a Enfermagem e tem como objectivo «ensinar novos conhecimentos e dotar de competências todas as pessoas potenciais cuidadoras informais de pessoas dependentes».


O cuidador informal é um elemento chave no conforto e bem – estar de qualquer doente dependente e como tal, deverá ser formado, acompanhado e valorizado no seu papel. Quando é comunicada a alta clínica de uma pessoa que se encontra dependente de terceiros, a primeira reacção da família é a resistência em acolher esse doente devido ao grau de dependência que apresenta. As famílias não têm conhecimentos técnicos nem experiência que permitam saber tratar do seu doente de forma segura e sem receios.


Assim sendo, este projecto de formação contínua, visa contribuir para encurtar o número de dias dos internamentos nos mais diversos serviços hospitalares; para ensinar novos conhecimentos e técnicas para as tarefas a desenvolver com o doente; disponibilizar os recursos técnicos hospitalares ao serviço da população; promover uma melhor relação hospital/comunidade; fomentar o crescimento pessoal das atitudes e afectos dos cuidadores informais; fortalecer motivações e espírito de responsabilidade para os novos cuidadores e contribuir para a abertura de mentalidade às mudanças sociais actuais.


A equipa multidisciplinar deste projecto é composta pela Dra. Paula Braga, Assistente Social, pela Fisioterapeuta Paula Antunes e pela Enfermeira Alexandra Ferreira, sendo que vai ainda contar com a colaboração da dietista Amália Ramos que apoiará nos casos mais específicos, relacionados com a alimentação do doente.


As sessões de formação serão realizadas todas as 5ª e 6ª feiras entre as 14h e 15h na Unidade de Lagos por período indeterminado.


O projeto arrancou oficialmente a 29 de novembro de 2012, tendo contado com vários participantes – familiares e cuidadores de doentes, ou ex-doentes, da Unidade Hospitalar de Lagos.


O Consulado Britânico no Algarve, que tomou conhecimento do GAF no âmbito de outros contactos, já formulou um convite, no sentido estender estas formações à comunidade inglesa residente interessada.


Fonte: Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio,EPE


Voltar
RSE - Area Cidadão