Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Começou a 62.ª Assembleia Mundial de Saúde

imagemA Dra. Margaret Chan, Directora Geral da Organização Mundial de Saúde, disse esta segunda-feira, 18 de Maio, no discurso de inauguração da 62.ª Assembleia Mundial de Saúde, que reúne delegações de 193 países, que o Mundo enfrenta múltiplas crises, enfrentando para além da actual crise financeira, o abrandamento económico global e a perspectiva de enfrentar a primeira pandemia de gripe do século XXI.

imagemA Dra. Margaret Chan, Directora Geral da Organização Mundial de Saúde, disse esta segunda-feira, 18 de Maio, no discurso de inauguração da 62.ª Assembleia Mundial de Saúde, que reúne delegações de 193 países, que o Mundo enfrenta múltiplas crises, enfrentando para além da actual crise financeira, o abrandamento económico global e a perspectiva de enfrentar a primeira pandemia de gripe do século XXI.

 

 

A Dra. Margaret Chan afirmou aos delegados, que o mundo está hoje mais vulnerável aos efeitos adversos de uma pandemia de gripe, do que estava em 1968, quando ocorreu a última pandemia. O aumento da mobilidade internacional, facilitada pelas viagens aéreas, num mundo economicamente interdependente, coloca-o numa posição mais frágil e amplia as possibilidades de perturbações económicas que atinjam todos os países.

A Directora Geral da Organização Mundial de Saúde chamou ainda a atenção dos delegados para o facto de 85% das doenças crónicas se concentrarem nos países economicamente mais desfavorecidos, sendo também aí que se situa a maioria da população em risco numa eventual pandemia de gripe. Apesar de se mostrar muito preocupada com a possibilidade da actual Gripe A se generalizar e de interagir com a Gripe Aviaria, tornando-se mais perigosa, a Directora Geral da OMS, afirmou que as apreensões com a pandemia, não podem ensombrar as preocupações com outros programas de saúde, relembrando que as respostas eficazes às ameaças à saúde pública dependiam de sistemas de saúde fortes de cobertura universal a toda a população.

Na Assembleia Mundial de Saúde, que decorre em Genebra de 18 a 22 de Maio, Portugal está representado ao mais alto nível, sendo a delegação portuguesa chefiada pela Ministra da Saúde, Dra. Ana Jorge, sendo composta pelo Director Geral de Saúde, Dr. Francisco George, pela Alta Comissária para a Saúde, Dra. Maria Céu Machado, pelo Bastonário da Ordem dos Médicos, Dr. Pedro Nunes e pela Bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Enfermeira Maria Augusta Sousa.

 

Mais informações: Intervenção da Dra Margaret Chan, Directora Geral da Organização Mundial de Saúde

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão