Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Comissão Europeia designa o ano de 2012 «Ano Europeu de Envelhecimento Ativo e solidariedade entre gerações»

Segundo a informação da Comissão Europeia, o «Ano Europeu de Envelhecimento Ativo e solidariedade entre gerações» visa melhorar as oportunidades de trabalho para as pessoas envelhecidas na Europa, combater a exclusão social e ajudar as pessoas envelhecidas a participar de forma ativa na sociedade, prevenir dependência e encorajar os cidadãos para um envelhecimento saudável, enfrentando assim o impacto nos serviços públicos e nas finanças que o número crescente de pessoas envelhecidas terá a partir de 2012.

 

A Comissão Europeia informa que a população ativa vai começar a diminuir a partir de 2012 e o número de pessoas com mais de 60 anos continuar a crescer com «cerca de dois milhões de pessoas por ano», sendo que se prevê uma maior pressão no período 2015-35 quando a «geração baby-boom» atingirá a idade da reforma.

 

O «Ano Europeu de Envelhecimento Ativo e solidariedade entre gerações» será desenhado para identificar e disseminar boas práticas, sensibilizar e encorajar responsáveis políticos para a promoção do envelhecimento ativo, e apoiar a cooperação e solidariedade entre gerações, promovendo a cidadania ativa e o voluntariado e, ainda, promover o envelhecimento em casa e uma vida independente.

 

imagemAno Europeu de Envelhecimento Ativo e solidariedade entre gerações 2012

imagemComo promover o Envelhecimento Ativo na Europa

imagemRelatório Europeu sobre a prevenção de maus-tratos nas pessoas envelhecidas (OMS)

Segundo a informação da Comissão Europeia, o «Ano Europeu de Envelhecimento Ativo e solidariedade entre gerações» visa melhorar as oportunidades de trabalho para as pessoas envelhecidas na Europa, combater a exclusão social e ajudar as pessoas envelhecidas a participar de forma ativa na sociedade, prevenir dependência e encorajar os cidadãos para um envelhecimento saudável, enfrentando assim o impacto nos serviços públicos e nas finanças que o número crescente de pessoas envelhecidas terá a partir de 2012.

 

A Comissão Europeia informa que a população ativa vai começar a diminuir a partir de 2012 e o número de pessoas com mais de 60 anos continuar a crescer com «cerca de dois milhões de pessoas por ano», sendo que se prevê uma maior pressão no período 2015-35 quando a «geração baby-boom» atingirá a idade da reforma.

 

O «Ano Europeu de Envelhecimento Ativo e solidariedade entre gerações» será desenhado para identificar e disseminar boas práticas, sensibilizar e encorajar responsáveis políticos para a promoção do envelhecimento ativo, e apoiar a cooperação e solidariedade entre gerações, promovendo a cidadania ativa e o voluntariado e, ainda, promover o envelhecimento em casa e uma vida independente.

 

imagemAno Europeu de Envelhecimento Ativo e solidariedade entre gerações 2012

imagemComo promover o Envelhecimento Ativo na Europa

imagemRelatório Europeu sobre a prevenção de maus-tratos nas pessoas envelhecidas (OMS)

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão