rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

DGS divulga relatório da contratualização em saúde oral relativo a 2008

A Direcção Geral da Saúde divulgou o relatório da contratualização em saúde oral relativo a 2008 onde apresenta a informação das Administrações Regionais de Saúde do Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve no que diz respeito à prestação de cuidados de saúde oral a crianças e jovens com idade inferior a 16 anos.

A promoção da saúde oral das crianças e jovens está integrada no Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral (PNPSO).

As estratégias de intervenção definidas no PNPSO traduzem-se na promoção da saúde oral no contexto familiar e escolar, na prevenção das doenças orais, diagnóstico precoce e tratamento dentário.

O tratamento dentário destina-se a dar resposta às necessidades das crianças que, embora participem nas actividades de promoção da saúde oral desenvolvidas no jardim-de-infância e na escola do 1º ciclo, apresentam cárie dentária.

A promoção e educação para a saúde nos centros de saúde, escola e família é assegurada por médicos, enfermeiros e higienistas orais dos centros de saúde.

As Actividades desenvolvidas no âmbito Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral em 2008 foram as seguintes:

Das 80.000 crianças e jovens foram abrangidas 65.371 (82%);

Das 65.371 crianças e jovens, concluíram os tratamentos dentários 61.612 (94%);

Dos 353 centros de saúde existentes estiveram envolvidos neste processo 322 (92%);

Celebraram contrato com as Administrações Regionais de Saúde 1.532 estomatologistas e médicos dentistas;

Foram tratados 71% dos dentes temporários cariados e 96% dos dentes permanentes cariados.

 

Consultar: Relatório Contratualização em Saúde Oral 2008 – Crianças e Jovens

 

Fonte: Portal da Saúde

A Direcção Geral da Saúde divulgou o relatório da contratualização em saúde oral relativo a 2008 onde apresenta a informação das Administrações Regionais de Saúde do Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve no que diz respeito à prestação de cuidados de saúde oral a crianças e jovens com idade inferior a 16 anos.

A promoção da saúde oral das crianças e jovens está integrada no Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral (PNPSO).

As estratégias de intervenção definidas no PNPSO traduzem-se na promoção da saúde oral no contexto familiar e escolar, na prevenção das doenças orais, diagnóstico precoce e tratamento dentário.

O tratamento dentário destina-se a dar resposta às necessidades das crianças que, embora participem nas actividades de promoção da saúde oral desenvolvidas no jardim-de-infância e na escola do 1º ciclo, apresentam cárie dentária.

A promoção e educação para a saúde nos centros de saúde, escola e família é assegurada por médicos, enfermeiros e higienistas orais dos centros de saúde.

As Actividades desenvolvidas no âmbito Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral em 2008 foram as seguintes:

Das 80.000 crianças e jovens foram abrangidas 65.371 (82%);

Das 65.371 crianças e jovens, concluíram os tratamentos dentários 61.612 (94%);

Dos 353 centros de saúde existentes estiveram envolvidos neste processo 322 (92%);

Celebraram contrato com as Administrações Regionais de Saúde 1.532 estomatologistas e médicos dentistas;

Foram tratados 71% dos dentes temporários cariados e 96% dos dentes permanentes cariados.

 

Consultar: Relatório Contratualização em Saúde Oral 2008 – Crianças e Jovens

 

Fonte: Portal da Saúde

Voltar
RSE - Area Cidadão