Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

DGS recomenda vacinação contra o sarampo para quem vai aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Londres 2012

A Direção-geral da Saúde publicou a 21 de maio de 2012, um comunicado com recomendações para quem pretenda viajar com a finalidade de assistir aos Jogos Olímpicos de Londres 2012, 27 julho a 12 agosto e Jogos Paralímpicos de Londres 2012, 29 agosto a 9 setembro.

 

Consideram-se protegidos contra o sarampo os viajantes que tiveram a doença ou que possuem:

  • Com menos de 18 anos de idade – duas doses de vacina contra o sarampo (VASPR);
  • Com 18 anos de idade ou mais – uma dose de vacina contra o sarampo (VAS ou VASPR).

 

Segundo o comunicado, recomenda-se que, preferencialmente 4 a 6 semanas antes da viagem, vá ao centro de saúde para verificação do seu estado vacinal, sendo gratuita a vacinação contra o sarampo.

 

«O sarampo é uma das doenças infeciosas mais contagiosas, podendo provocar doença grave ou mesmo a morte. É prevenível pela vacinação e está, há vários anos, controlado em Portugal uma vez que a grande maioria das pessoas está protegida por vacinação ou por ter tido a doença.

Durante eventos internacionais como os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2012, existe um risco elevado de pessoas não protegidas contraírem sarampo através do contacto com pessoas em fase de contágio.

Na maioria dos países europeus, incluindo a Inglaterra, têm ocorrido surtos/epidemias de sarampo nos últimos anos, em crianças e adultos (em 2011, na Europa, mais de 7000 casos foram hospitalizados e 9 morreram). A doença é ainda frequente em África e na Ásia.»

 

imagemComunicado da DGS relativamente à vacinação contra o sarampo para quem vai aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Londres 2012

A Direção-geral da Saúde publicou a 21 de maio de 2012, um comunicado com recomendações para quem pretenda viajar com a finalidade de assistir aos Jogos Olímpicos de Londres 2012, 27 julho a 12 agosto e Jogos Paralímpicos de Londres 2012, 29 agosto a 9 setembro.

 

Consideram-se protegidos contra o sarampo os viajantes que tiveram a doença ou que possuem:

  • Com menos de 18 anos de idade – duas doses de vacina contra o sarampo (VASPR);
  • Com 18 anos de idade ou mais – uma dose de vacina contra o sarampo (VAS ou VASPR).

 

Segundo o comunicado, recomenda-se que, preferencialmente 4 a 6 semanas antes da viagem, vá ao centro de saúde para verificação do seu estado vacinal, sendo gratuita a vacinação contra o sarampo.

 

«O sarampo é uma das doenças infeciosas mais contagiosas, podendo provocar doença grave ou mesmo a morte. É prevenível pela vacinação e está, há vários anos, controlado em Portugal uma vez que a grande maioria das pessoas está protegida por vacinação ou por ter tido a doença.

Durante eventos internacionais como os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2012, existe um risco elevado de pessoas não protegidas contraírem sarampo através do contacto com pessoas em fase de contágio.

Na maioria dos países europeus, incluindo a Inglaterra, têm ocorrido surtos/epidemias de sarampo nos últimos anos, em crianças e adultos (em 2011, na Europa, mais de 7000 casos foram hospitalizados e 9 morreram). A doença é ainda frequente em África e na Ásia.»

 

imagemComunicado da DGS relativamente à vacinação contra o sarampo para quem vai aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Londres 2012

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão