rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Dia Mundial da Diabetes

imagem

Assinala-se a 14 de Novembro o Dia Mundial da Diabetes. Á semelhança de 2007, este ano o tema é «A Diabetes nas crianças e nos adolescentes» por ser uma das doenças crónicas mais comuns na infância. A celebração desta data surge no âmbito de uma campanha global para aumentar a consciencialização em relação à diabetes. No Algarve desde o ano 2000 que existe o programa de Rastreio da Retinopatia Diabética e no seu âmbito têm sido efectuadas retinografias aos diabéticos registados nos Centros de Saúde da região.

imagem

Assinala-se a 14 de Novembro o Dia Mundial da Diabetes. Á semelhança de 2007, este ano o tema é «A Diabetes nas crianças e nos adolescentes» por ser uma das doenças crónicas mais comuns na infância. A celebração desta data surge no âmbito de uma campanha global para aumentar a consciencialização em relação à diabetes. No Algarve desde o ano 2000 que existe o programa de Rastreio da Retinopatia Diabética e no seu âmbito têm sido efectuadas retinografias aos diabéticos registados nos Centros de Saúde da região.

 

Em Outubro de 2008 encontravam-se registados nos Centros de Saúde do Algarve 18.835 utentes com diagnóstico de Diabetes, o que significa uma prevalência de 3,7 diabéticos por 100 inscritos, considerando os 505.681 utentes inscritos no SINUS em Outubro 2008, e de 4,4 diabéticos por 100 residentes, tendo em conta os 426.386 residentes estimados pelo INE 31/12/2007 para a região do Algarve.

 

No âmbito do Programa de Rastreio e Tratamento da Retinopatia Diabética, a ARS Algarve estabeleceu no ano de 2008 novos Protocolos com os dois Hospitais da Região de Saúde do Algarve, o Hospital de Faro e o Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio. Os referidos Protocolos separam a componente do rastreio dos utentes diabéticos, cuja responsabilidade financeira é da ARS Algarve, do tratamento das retinopatias detectadas em sede de rastreio, cuja responsabilidade financeira é da ACSS, IP, ao abrigo do respectivo Programa Específico incluído nos Contratos-Programa 2007/2009 dos Hospitais do SNS.

  sinus_diabeticos.jpg

No ano de 2008 o Rastreio iniciou-se no mês de Janeiro na área de influência do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, tendo começado em Setembro no Hospital de Faro, após esta unidade ter estabelecido um protocolo para a realização do referido protocolo com a Associação Portuguesa dos Diabéticos de Portugal.

 

Na sequência dos protocolos celebrados entre a ARS Algarve e os dois Hospitais, foi contratualizado o número de retinopatias (entendidas como doentes a rastrear) a realizar por cada um dos Hospitais durante o ano 2008, num total de 8.000. Quando em 2005 tinham sido convocados para rastreio 3.955 diabéticos.

 

Assim, até final de Outubro de 2008 tinham já sido convocados para Rastreio um total de 6.963 utentes diabéticos, dos quais compareceram 4.952 ao rastreio, o que significa uma taxa de comparência a nível regional de 71%.

 

Os doentes rastreados a quem são diagnosticadas retinopatias, são encaminhados para tratamento nos dois Hospitais, sendo tratados por laserterapia.

 

Entre Janeiro e Outubro de 2008, os custos totais associados ao Programa de Rastreio e Tratamento da Retinopatia Diabética na Região de Saúde do Algarve, suportados pelo Ministério da Saúde, foram de 375.541,20€, repartidos do seguinte modo: 148.500,00€ relativos ao Rastreio e 227.041,20€ relacionados com os Tratamentos concluídos a utentes provenientes do Rastreio.

 

Mais Informações: Dia Mundial da Diabetes

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão