rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Equipa da Missão para os Cuidados de Saúde Primários visitou a região do Algarve

mcsp5.jpgO Coordenador Nacional da Missão para os Cuidados de Saúde Primários, Dr. Luís Pisco, acompanhado pelo Dr. Francisco Gouveia e pelo Enf. Pedro Pardal, membros da MCSP, deslocaram-se esta segunda-feira, 1 de Fevereiro, à região do Algarve, com o objectivo de conhecer o trabalho desenvolvido no âmbito da reforma dos cuidados de saúde primários na região. Durante a visita ficaram a conhecer a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) Mar em Tavira no ACES do Sotavento, a USF Farol, a UCC de Faro e a USCP de Quarteira no ACES Central.

 

mcsp5.jpgO Coordenador Nacional da Missão para os Cuidados de Saúde Primários, Dr. Luís Pisco, acompanhado pelo Dr. Francisco Gouveia e pelo Enf. Pedro Pardal, membros da MCSP, deslocaram-se esta segunda-feira, 1 de Fevereiro, à região do Algarve, com o objectivo de conhecer o trabalho desenvolvido no âmbito da reforma dos cuidados de saúde primários na região. Durante a visita ficaram a conhecer a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) Mar em Tavira no ACES do Sotavento, a USF Farol, a UCC de Faro e a USCP de Quarteira no ACES Central.

 

 

 

mcsp2.jpgExplicando que «o objectivo da visita era observar no terreno o que é que se estava a passar no Algarve», o Coordenador da MCSP, Dr. Luís Pisco, mostrou-se bastante satisfeito com o trabalho desenvolvido na região no âmbito da reforma dos cuidados de saúde primários, sublinhando que «tínhamos a noção que se estava a fazer um excelente trabalho não só nas USF’s mas também fora das USF’s».

 

Apesar de reconhecer que a região do Algarve «tem algumas dificuldades» em termos de recursos humanos, o Dr. Luís Pisco, salientou que esses constrangimentos são superados com «o entusiasmo e a motivação das pessoas», elogiando o trabalho desenvolvido pelas equipas de profissionais que se encontram no terreno.

 

mscp4.jpgConvicto de que «a reforma está no bom caminho», o Coordenador da MCSP referiu que entrámos na segunda fase da reforma, depois da «fase voluntária da criação das USF’s» agora «temos que organizar espaços e equipas o mais próximo possível do que é uma USF e é isso que está acontecer nesta fase, com as Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados e as Unidades de Cuidados na Comunidade».

 

O Coordenador da MCSP elogiou o esforço dos Directores executivos e dos conselhos clínicos dos ACES, considerando que nesta fase estes assumem um papel primordial para o êxito da reforma, «os ACES vão ser o centro daquilo que serão os cuidados de saúde primários».

 

mcsp1.jpgDurante a visita, o Dr. Luís Pisco aproveitou ainda para reforçar perante os profissionais presentes quais os pontos estratégicos estabelecidos pela missão para os cuidados de saúde primários para os próximos dois anos de modo a obter mais e melhores cuidados de saúde para os cidadãos, com aumento da acessibilidade, proximidade e qualidade e consequente aumento da satisfação dos utilizadores dos serviços.

 

 «Em primeiro lugar, a reforma é para tratar da saúde das pessoas, reforçando neste ponto a prevenção e promoção da saúde. O segundo ponto está relacionado com o funcionamento dos ACES que vão ter um papel absolutamente determinante, nomeadamente na questão da governação clínica, na qualidade e na segurança dos cuidados que são prestados ao doente. Em terceiro lugar os recursos humanos, se nós não tivermos pessoas motivadas com estabilidade dificilmente vamos prestar bons cuidados de saúde, por isso, temos de apostar na sua formação, no seu desenvolvimento. No quarto ponto surgem as questões da gestão e por último a qualidade e a inovação, porque o mundo está sempre a mudar e nós temos que nos ir adaptando às novas necessidades das pessoas», enumerou.

 

 

mcsp7.jpgDe referir que a equipa da MCSP, visitou durante a manhã as instalações do Centro de Saúde da Tavira – ACES do Sotavento, onde ficou a conhecer o trabalho desenvolvido pela UCSP Mar, que funciona naquelas instalações, através de uma apresentação do seu coordenador, Dr. Manuel Janeiro.

 

Ao inicio da tarde, os membros da MCSP deslocaram-se a Faro para visitar a USF Farol e a UCC de Faro, terminando o dia com uma visita às instalações da UCSP de Quarteira, onde o Coordenador da unidade, Dr. Pedro Teigão traçou o perfil e quais os objectivos que a equipa daquela USCP se propõe alcançar no futuro.

mcsp5.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão