Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Exposição «Corpo – Estado, Medicina e Sociedade no tempo da I República» em Lisboa a partir de Maio

Está patente de Maio a Outubro de 2010 a exposição «Corpo – Estado, medicina e sociedade no tempo da I República» no Terreiro do Paço (Torreão Poente) em Lisboa, sendo da responsabilidade da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República.

 

Esta exposição «pretende dar conta da história da medicina em Portugal nas décadas da I República, da consolidação do poder e do prestígio dos médicos, bem como das relações entre este saber, o poder político e os diversos grupos sociais. É a história de um saber e de um poder que não recusou a sua vocação social. O Corpo não pretende ser apenas uma exposição exclusivamente documental e ilustrativa, dimensão que, porém, é fundamental. A mostra de objectos, documentos e fotografias visa, também, problematizar as relações do médico com o doente e com o corpo humano, individual ou social, e questionar o saber científico da medicina e dos médicos no tempo da I República.»

Está patente de Maio a Outubro de 2010 a exposição «Corpo – Estado, medicina e sociedade no tempo da I República» no Terreiro do Paço (Torreão Poente) em Lisboa, sendo da responsabilidade da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República.

 

Esta exposição «pretende dar conta da história da medicina em Portugal nas décadas da I República, da consolidação do poder e do prestígio dos médicos, bem como das relações entre este saber, o poder político e os diversos grupos sociais. É a história de um saber e de um poder que não recusou a sua vocação social. O Corpo não pretende ser apenas uma exposição exclusivamente documental e ilustrativa, dimensão que, porém, é fundamental. A mostra de objectos, documentos e fotografias visa, também, problematizar as relações do médico com o doente e com o corpo humano, individual ou social, e questionar o saber científico da medicina e dos médicos no tempo da I República.»

Voltar
RSE - Area Cidadão