Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Fórum Regional de Saúde do Algarve debateu estratégias regionais no âmbito do PNS 2011-2016

frs6.jpgMais de duas centenas de pessoas participaram esta quinta-feira, 24 de Junho de 2010, no Fórum Regional de Saúde do Algarve, organizado pela  Administração Regional de Saúde do Algarve IP em parceria com o Alto Comissariado da Saúde. O evento decorreu no auditório da Escola Superior de Saúde da Universidade do Algarve e juntou profissionais de saúde, educação, autarquias, segurança social e da sociedade civil com o objectivo de debaterem e reflectirem em conjunto sobre as estratégias regionais de saúde no âmbito do Plano Nacional de Saúde 2011 – 2016.

 

 

frs6.jpgMais de duas centenas de pessoas participaram esta quinta-feira, 24 de Junho de 2010, no Fórum Regional de Saúde do Algarve, organizado pela  Administração Regional de Saúde do Algarve IP em parceria com o Alto Comissariado da Saúde. O evento decorreu no auditório da Escola Superior de Saúde da Universidade do Algarve e juntou profissionais de saúde, educação, autarquias, segurança social e da sociedade civil com o objectivo de debaterem e reflectirem em conjunto sobre as estratégias regionais de saúde no âmbito do Plano Nacional de Saúde 2011 – 2016.

 

 

 

Partindo da apresentação do trabalho efectuado em diferentes áreas da saúde prioritárias na região, enquadradas no Plano Nacional de Saúde 2004-2010, entre elas o combate à obesidade, a problemática da diabetes, a educação sexual, a promoção da saúde do idoso e a acessibilidade dos migrantes aos cuidados de saúde, o Fórum Regional de Saúde do Algarve, realizado no âmbito de um ciclo de fóruns regionais de saúde que se encontram a ser promovidos pelo Alto Comissariado da Saúde com o apoio das cinco ARS’s, pretendeu ao mesmo tempo envolver as instituições e a sociedade civil para uma reflexão em conjunto sobre como poderá ser desenvolvida a colaboração interinstitucional e intersectorial, visando melhorar a qualidade de saúde a nível regional, local e institucional no âmbito do novo PNS 2011-2016.

 

frs2.jpgNeste sentido, as sessões da manhã foram dedicadas as questões relacionadas com a alimentação e hábitos de vida saudável. Na mesa intitulada «peso saudável, vida saudável», moderada pelo Dr. Joaquim Duarte, Director Regional do Algarve do IDP, foi traçado pela Coordenadora Regional do Programa de Combate à Obesidade da ARS Algarve,IP, Dra Teresa Sancho, a estratégia regional seguida pela instituição no âmbito do combate à obesidade, enumerando  alguns dos projectos locais e programas desenvolvidos na região nesta área, destacando o Programa Regional de Combate à Obesidade Infantil e o Programa 80-94. No mesmo sentido, o Mestre Eduardo Fernandes, da DREAlg, apresentou o projecto «Escola Activa», inserido no Programa Regional de Combate à Obesidade Infantil do Algarve. Por fim, o Dr. Paulo Damásio, Técnico de desporto da Câmara Municipal de Faro, falou sobre o projecto «Aconselhamento para o futuro», uma parceria entre a autarquia e o ACES Central – Centro de Saúde de Faro, no âmbito de uma Estratégia Local de Saúde de prevenção da obesidade nas crianças do concelho de Faro.

 

 

frs3.jpgDe seguida, esteve em debate a problemática da diabetes, onde o Coordenador Regional do Programa de Controlo da Diabetes, Dr. Carlos Godinho, traçando o cenário da realidade na região do Algarve no que diz respeito a esta doença explicou a implementação do Programa de Prevenção e Controlo da Diabetes na região. Na mesma mesa, moderada pelo Dr. Paulo Nicola do ACS, participaram o Dr. Eurico Gomes da Associação para o Estudo da Diabetes Mellitus e Apoio ao Doente Diabético do Algarve que abordou a importância deste tipo de associações/IPSS «como um complemento importante ao SNS», destacando algumas das actividades desenvolvidas na região, como rastreios, consultas, formação e investigação. Por fim, a Enf. Otília Mestre, do Conselho Clínico do ACES do Sotavento, apresentou alguns dados acerca do trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Diabetes do Sotavento ­ como um Projecto de Gestão Integrada da Diabetes. ­

 

frs4.jpgA­ Educação Sexual em Meio Escolar foi o tema em debate na última mesa da manhã, moderada pela Dra Isabel Baptista, da DGIDC/ Ministério da Educação, tendo contado com os contributos da Mestre Maria Esteves Lourenço, da DREAlg, que apresentou algumas reflexões acerca da importância e da necessidade da implementação de Projectos de Educação para a Saúde e Educação Sexual em Meio Escolar. No mesmo âmbito, o Dr. António Filhó Sousa, da Associação para o Planeamento da Família (APF), destacou a importância do papel da educação sexual na formação das crianças. O Coordenador Regional do Programa Nacional de Saúde Escolar da ARS Algarve,IP, Dr. Carlos André, abordou a temática evidenciando algumas das actividades efectuadas  na área da promoção da saúde em meio escolar e a educação sexual na região, terminando com a apresentação de um vídeo realizado por um grupo de jovens de uma escola sobre a temática da educação sexual.

 

«Dinâmicas Populacionais e Desafios», foi o tema do seminário da tarde, dividido em duas mesas. A primeira dedicada aos idosos, contou com a participação da Dra Estela Fabião, do Departamento de Saúde Pública da ARS Algarve,IP, que contribuiu com uma reflexão sobre o envelhecimento, seguindo-se a Doutora Mariana Almeida, doutorada pela Escola Nacional de Saúde Publica/ UNL que partilhou durante a sua apresentação alguns elementos para uma promoção da saúde das pessoas com mais de 65 anos. Por seu lado, a Coordenadora Regional para os Cuidados Continuados Integrados do Algarve, Dra Josélia Gonçalves, numa apresentação elaborada em conjunto com a Dra Conceição Simões do ISS, IP – Centro Distrital de Faro e da Equipa de Coordenação Local do ACES Barlavento, traçou o actual cenário no âmbito da implementação da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados na região algarvia.

frs5.jpg 

A segunda parte foi dirigida aos migrantes e à acessibilidade aos cuidados de saúde na região, com a participação da Dra Alexandra Alexandre do Departamento de Estudos e Planeamento da ARS Algarve,IP e do Dr. António Tavares do ISS, IP – Centro Distrital de Faro. A terminar, o Dr. António Pina, do IDT, apresentou o Projecto «Uma Janela aberta à família».

 

profa.mariadocumachadofrs2010.jpgA Alta Comissária da Saúde, Professora Doutora Maria do Céu Machado, que presidiu juntamente com o Presidente da ARS Algarve,IP, Dr. Rui Lourenço, a sessão de encerramento do Fórum Regional de Saúde do Algarve, mostrou-se bastante satisfeita com a adesão de participantes ao evento, agradecendo a disponibilidade da ARS Algarve,IP para organizar este encontro em «que estiveram representantes das várias áreas, não só da saúde, mas de outros sectores», salientando a importância deste tipo de iniciativas «de forma a nós sermos informados das especificidades de cada região, para percebermos o que é importante para cada região e para o Plano Nacional de Saúde».

 

A Professora Doutora Maria do Céu Machado aproveitou ainda para elogiar o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido na região algarvia, dando como exemplo a melhoria nos diversos indicadores de saúde. «Quando analisamos os indicadores de saúde, percebemos que o Algarve é a região do país que mais tem melhorado os seus indicadores e isso é o resultado do trabalho de todos», sublinhou.

 

dr.rui_frs2010.jpgPor seu lado, o Presidente da ARS Algarve,IP, Dr. Rui Lourenço, acentuou que «na região temos de cada vez mais ter orgulho» e «valorizar» os projectos que constituem Boas Práticas de Saúde, elogiando todos os profissionais de saúde da região que ao longo dos últimos anos têm conseguido com o seu trabalho e empenho desenvolver estes projectos.

 

Destacando que «a saúde é um recurso para a vida e para o desenvolvimento das pessoas», o Dr. Rui Lourenço frisou que cada vez mais é essencial uma maior colaboração interinstitucional e intersectorial visando melhorar a qualidade de saúde. «Nós temos a obrigação de fazer esta leitura transversal da saúde e isso inclui todos os nossos parceiros, para percebermos o que é que podemos fazer e em que é que podemos ajudar os outros para que eles tenham uma vida melhor e também uma vida mais saudável», concluiu.

 

A terminar a sessão de encerramento, a Alta Comissária da Saúde reforçou ainda que todos os contributos são essenciais para o futuro PNS e convidou todos os presentes a dar o seu contributo para o futuro PNS 2011 -2016 através do microsite criado para esse efeito e disponível no site do ACS.

 

imagemEstratégia da ARS Algarve para um Peso Saudável – Dra. Teresa Sancho

imagemPrograma de Combate à Obesidade Infantil: Escola Activa – Mestre Eduardo Fernandes

imagemAconselhamento para o Futuro, Uma estratégia Local de Saúde – Dr. Paulo Damásio

imagemImplementação do Programa de Prevenção e Controlo da Diabetes a realidade no Algarve – Dr. Carlos Godinho

imagemNúcleo de diabetes do ACES Sotavento projecto de gestão integrada – Enfª Otília Mestre

imagemProjectos de Educação para a Saúde/Educação Sexual em Meio Escolar – Mestre Maria Esteves Lourenço

imagemA Importância da Educação Sexual – Dr. António Filhó Sousa

imagemA Educação sexual dos Jovens Portugueses: Conhecimentos e Fontes – APF

imagemEducação sexual e promoção da saúde em meio escolar – Dr. Carlos André 

imagemQuem possui a faculdade para ver a beleza, não envelhece – Dra. Estela Fabião

imagemElementos para uma política de promoção da saúde das pessoas de 65 + anos em Portugal – Dra. Mariana Almeida

imagemRede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, Um Projecto Partilhado: Analise Critica – Dra. Josélia Gonçalves, Dra. Conceição Simões

imagemApresentação sobre Cartão Europeu de Seguro de Doença/CESD – Dr. António Tavares

imagemMigrantes e Saúde: Acessibilidade aos Cuidados de Saúde na Região – Dr.ª Alexandra Alexandre

imagemPrograma: Uma Janela Aberta à Família – Dr. António Pina (1)

imagemPrograma: Uma Janela Aberta à Família – Dr. António Pina (2)

frs6.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão