rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

IV Encontro Nacional de Médicos Auditores e Codificadores Clínicos no Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio EPE

Decorre entre os dias 2 e 3 de março, o IV Encontro Nacional de Médicos Auditores e Codificadores Clínicos no Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, em Portimão, numa iniciativa da Associação dos Médicos Auditores e Codificadores Clínicos (AMACC), contando com a presença na sessão de abertura do evento da vogal do Conselho Diretivo da ARS Administração Regional de Saúde do Algarve IP, Dra. Ana Costa.

 

O Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio EPE, Dr. José Ramos, presidiu à sessão inaugural do IV Encontro Nacional de Médicos Auditores e Codificadores Clínicos, congratulando a AMACC pelo Encontro que considerou «importante num tempo de constrangimentos financeiros» para garantir o bom funcionamento das instituições de Saúde.

 

Por seu lado, a vogal do Conselho Diretivo da ARS Administração Regional de Saúde do Algarve IP, Dra. Ana Costa sublinhou a «extrema importância» que tem a área da codificação enquanto «instrumento essencial para a Saúde» e a gestão da mesma. «Temos o dever de garantir a qualidade da Saúde também em termos de gestão e de monitorização de recursos», reiterou, finalizando a sua intervenção com desejos de um trabalho profícuo aos participantes.

 iamgem

«Ambulatórios médicos e quimioterapia», «Diagnóstico principal em grávida internada por problemas não obstétricos», «Codificação dos ambulatórios médicos e cirúrgicos» e «Financiamento hospitalar: cirurgia do ambulatório versus cirurgia em internamento e efeito no ICM (ganhos com a ambulatorização)» são algumas das temáticas que vão ser abordadas, sob a égide «Desafios», nos vários painéis deste encontro, dirigido a todos os profissionais ligados à atividade da codificação em seio hospitalar, com o objetivo de trocar conhecimentos e experiências no âmbito da auditoria e da codificação.

 

O papel dos médicos codificadores numa instituição hospitalar é de extrema importância porque, decorrente da sua actividade, existe uma base fundamental: o financiamento. Esta base suporta, igualmente, diversos trabalhos científicos de foro médico e estatístico. É importante reter que quanto mais rigorosa e objetiva for uma codificação, melhores serão os resultados da Instituição Hospitalar face ao Contrato Programa a ela adaptado. 

 

Decorre entre os dias 2 e 3 de março, o IV Encontro Nacional de Médicos Auditores e Codificadores Clínicos no Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, em Portimão, numa iniciativa da Associação dos Médicos Auditores e Codificadores Clínicos (AMACC), contando com a presença na sessão de abertura do evento da vogal do Conselho Diretivo da ARS Administração Regional de Saúde do Algarve IP, Dra. Ana Costa.

 

O Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio EPE, Dr. José Ramos, presidiu à sessão inaugural do IV Encontro Nacional de Médicos Auditores e Codificadores Clínicos, congratulando a AMACC pelo Encontro que considerou «importante num tempo de constrangimentos financeiros» para garantir o bom funcionamento das instituições de Saúde.

 

Por seu lado, a vogal do Conselho Diretivo da ARS Administração Regional de Saúde do Algarve IP, Dra. Ana Costa sublinhou a «extrema importância» que tem a área da codificação enquanto «instrumento essencial para a Saúde» e a gestão da mesma. «Temos o dever de garantir a qualidade da Saúde também em termos de gestão e de monitorização de recursos», reiterou, finalizando a sua intervenção com desejos de um trabalho profícuo aos participantes.

 iamgem

«Ambulatórios médicos e quimioterapia», «Diagnóstico principal em grávida internada por problemas não obstétricos», «Codificação dos ambulatórios médicos e cirúrgicos» e «Financiamento hospitalar: cirurgia do ambulatório versus cirurgia em internamento e efeito no ICM (ganhos com a ambulatorização)» são algumas das temáticas que vão ser abordadas, sob a égide «Desafios», nos vários painéis deste encontro, dirigido a todos os profissionais ligados à atividade da codificação em seio hospitalar, com o objetivo de trocar conhecimentos e experiências no âmbito da auditoria e da codificação.

 

O papel dos médicos codificadores numa instituição hospitalar é de extrema importância porque, decorrente da sua actividade, existe uma base fundamental: o financiamento. Esta base suporta, igualmente, diversos trabalhos científicos de foro médico e estatístico. É importante reter que quanto mais rigorosa e objetiva for uma codificação, melhores serão os resultados da Instituição Hospitalar face ao Contrato Programa a ela adaptado. 

 

iamgem
Voltar
RSE - Area Cidadão