rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Laboratório de Audiologia e Terapia da Fala da UAlg abre portas à comunidade

No próximo dia 11 de Maio, pelas 11h00, o Laboratório de Audição e Terapia da Fala (LATF) abre oficialmente as suas portas à comunidade. Situado no Campus de Gambelas da Universidade do Algarve, nas salas E10 a E15, o LATF é um complexo científico-pedagógico na área de Terapia da Fala, constituído por uma sala de observação para alunos, um laboratório de fala, um gabinete de audiologia/audiometria e um gabinete de apoio aos seus docentes e técnicos.

 

A criação do LATF está relacionada com as necessidades pedagógicas e de investigação sentidas na leccionação de aulas de vertente aplicada, como as exigidas no curso de Terapia da Fala, em que o ensino clínico é uma vertente indispensável. Este complexo responde às exigências do ensino superior politécnico de qualidade, sobretudo quando se pretende dar ênfase a uma formação mais direccionada para o desenvolvimento de competências ligadas ao «saber», ao «saber fazer» e ao «saber estar». A possibilidade de acompanhar a prática clínica assegurará uma formação adaptada e adaptável à realidade da população e do mercado, respondendo aos desafios da sociedade do conhecimento.

 

Para além da vertente pedagógica/investigação, o Laboratório tem também uma vertente de intervenção comunitária, dada a importância da articulação entre as instituições do ensino superior e as necessidades da sociedade civil, sobretudo em áreas como a Saúde. O LATF gere as suas próprias receitas, prestando serviços à comunidade de diagnóstico e terapêutica nas áreas da Terapia da Fala e de Audiologia.

 

A construção deste laboratório foi financiada por um projecto POCI (medida IV 4.1), remodelando e reaproveitando infra-estruturas já existentes. Para a execução do projecto teve uma contribuição fundamental o Prémio Ciência do Banco Santander Totta, atribuído ao LATF, em Dezembro de 2008.

 

Ilídio Gonçalves, médico otorrinolaringologista e docente do curso de Terapia da Fala, será o patrono do LATF. Este título é-lhe atribuído em consequência do seu enorme envolvimento neste projecto, bem como da sua participação no desenvolvimento de estudos científicos na área da voz.

 

Para mais informações contactar:

Profª Lilia Brinca – lbrinca@ualg.pt

No próximo dia 11 de Maio, pelas 11h00, o Laboratório de Audição e Terapia da Fala (LATF) abre oficialmente as suas portas à comunidade. Situado no Campus de Gambelas da Universidade do Algarve, nas salas E10 a E15, o LATF é um complexo científico-pedagógico na área de Terapia da Fala, constituído por uma sala de observação para alunos, um laboratório de fala, um gabinete de audiologia/audiometria e um gabinete de apoio aos seus docentes e técnicos.

 

A criação do LATF está relacionada com as necessidades pedagógicas e de investigação sentidas na leccionação de aulas de vertente aplicada, como as exigidas no curso de Terapia da Fala, em que o ensino clínico é uma vertente indispensável. Este complexo responde às exigências do ensino superior politécnico de qualidade, sobretudo quando se pretende dar ênfase a uma formação mais direccionada para o desenvolvimento de competências ligadas ao «saber», ao «saber fazer» e ao «saber estar». A possibilidade de acompanhar a prática clínica assegurará uma formação adaptada e adaptável à realidade da população e do mercado, respondendo aos desafios da sociedade do conhecimento.

 

Para além da vertente pedagógica/investigação, o Laboratório tem também uma vertente de intervenção comunitária, dada a importância da articulação entre as instituições do ensino superior e as necessidades da sociedade civil, sobretudo em áreas como a Saúde. O LATF gere as suas próprias receitas, prestando serviços à comunidade de diagnóstico e terapêutica nas áreas da Terapia da Fala e de Audiologia.

 

A construção deste laboratório foi financiada por um projecto POCI (medida IV 4.1), remodelando e reaproveitando infra-estruturas já existentes. Para a execução do projecto teve uma contribuição fundamental o Prémio Ciência do Banco Santander Totta, atribuído ao LATF, em Dezembro de 2008.

 

Ilídio Gonçalves, médico otorrinolaringologista e docente do curso de Terapia da Fala, será o patrono do LATF. Este título é-lhe atribuído em consequência do seu enorme envolvimento neste projecto, bem como da sua participação no desenvolvimento de estudos científicos na área da voz.

 

Para mais informações contactar:

Profª Lilia Brinca – lbrinca@ualg.pt

Voltar
RSE - Area Cidadão