rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Lançamento da Campanha «Maltrato Zero» no dia 25 de Novembro

Realiza-se o lançamento da Campanha «Maltrato Zero» no dia 25 de Novembro, pelas 10:30 horas, no Museu da Electricidade em Lisboa, promovida em Portugal pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, em colaboração com o Instituto Português da Juventude, destinada à sociedade em geral, com especial enfoque na população jovem, juntando pela primeira vez 22 países ibero-americanos com o objectivo de alertar a consciência social para as questões da igualdade e da  violência de género, tendo em vista a erradicação desta última.

 

É pela primeira vez que os 22 países ibero-americanos surgem a uma só voz para consciencializar as sociedades de que a violência contra a mulher como um problema social, tendo por objetivo unir em especial a juventude para se comprometer contra a desigualdade e contra a violência de género através do movimento social «MaltratoZero».

 

O movimento pretende congregar uma população estimada de 150 milhões de pessoas e conta com um sítio na internet que contém spots de rádio, de televisão, cartazes, informações, dados sobre violência doméstica, depoimentos, manifestos, entre outros. Qualquer cidadão/ã pode aderir ao movimento. Todo o material foi produzido em português e em espanhol.

Realiza-se o lançamento da Campanha «Maltrato Zero» no dia 25 de Novembro, pelas 10:30 horas, no Museu da Electricidade em Lisboa, promovida em Portugal pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, em colaboração com o Instituto Português da Juventude, destinada à sociedade em geral, com especial enfoque na população jovem, juntando pela primeira vez 22 países ibero-americanos com o objectivo de alertar a consciência social para as questões da igualdade e da  violência de género, tendo em vista a erradicação desta última.

 

É pela primeira vez que os 22 países ibero-americanos surgem a uma só voz para consciencializar as sociedades de que a violência contra a mulher como um problema social, tendo por objetivo unir em especial a juventude para se comprometer contra a desigualdade e contra a violência de género através do movimento social «MaltratoZero».

 

O movimento pretende congregar uma população estimada de 150 milhões de pessoas e conta com um sítio na internet que contém spots de rádio, de televisão, cartazes, informações, dados sobre violência doméstica, depoimentos, manifestos, entre outros. Qualquer cidadão/ã pode aderir ao movimento. Todo o material foi produzido em português e em espanhol.

Voltar
RSE - Area Cidadão