rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Mais consultas e menos atendimentos de Urgência em 2008 – Centros de Saúde do Algarve ultrapassam pela primeira vez 1 milhão de consultas programadas

imagemNo ano de 2008 os Centros de Saúde do Algarve realizaram 1.207.620 atendimentos dos quais 1.007.220 consultas programadas, mais 62.679 do que em 2007, destas 293.389 foram primeiras consultas o que significa uma melhoria da taxa de utilização de 6.8%, isto é 68.8% da população residente utilizou os Centros de Saúde no ano de 2008, contra 64.4% no ano de 2007.

 

imagemNo ano de 2008 os Centros de Saúde do Algarve realizaram 1.207.620 atendimentos dos quais 1.007.220 consultas programadas, mais 62.679 do que em 2007, destas 293.389 foram primeiras consultas o que significa uma melhoria da taxa de utilização de 6.8%, isto é 68.8% da população residente utilizou os Centros de Saúde no ano de 2008, contra 64.4% no ano de 2007.

 

 

No que se refere aos atendimentos em Consulta Aberta dos Centros de Saúde, consulta do dia para utentes, não integrados em Unidades de Saúde Familiar, com doença aguda ou com médico de família ausente, verificou-se um total de 200.043 consultas, menos 14.5% do que os realizados em 2007, confirmando os resultados obtidos em 2006, e demonstrando os benefícios esperados com a reorganização do atendimento dos Centros de Saúde, através da criação de Unidades de Saúde Familiar e da requalificação dos serviços de urgência, obtendo-se assim uma maior acessibilidade às consultas programadas e um menor número de atendimentos em consultas abertas.

 

 

2007

2008

Variação (%) 2007/2008

Consultas programadas

944.541

1.007.220

6.6%

Atendimentos em Consulta Aberta

233.903

200.043

-14.5%

N.º de 1.as consultas do ano

274.600

293.389

6.8%

Taxa de utilização (1.as consultas/Pop. Ano)

64.4%

68.8%

6.8%

 

 

Ao mesmo tempo os pontos da rede de urgência e emergência do Algarve, a funcionar no pólo de Lagos do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, nos Centros de Saúde de Albufeira, Loulé e Vila Real de Santo António e nos Serviços de Urgência Geral dos Hospitais, Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, EPE (Portimão) e Hospital Central de Faro, EPE, registaram menos atendimentos do que nos anos de 2007 e 2006.

 

Assim nos 4 Serviços de Urgência Básica, de Lagos, de Albufeira, de Loulé e de Vila Real de Santo António, situados nas áreas de maior sazonalidade e procura turística, registaram-se no ano de 2008 186.034 atendimentos, menos 16.567 atendimentos do que em 2007 e menos 16.181 do que em 2006.

 

 

2008

2007

2006

SUB Lagos

31.337

33.281

35.366

SUB Albufeira

57.428

63.440

63.476

SUB Loulé

49.489

51.769

49.676

SUB Vila Real Santo António

47.780

54.111

53.697

Total SUB’s

186.304

202.601

202.215

 

 

Nos Serviços de Urgência Geral do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, EPE (Portimão) e do Hospital Central de Faro, EPE, registaram-se no ano de 2008 142.404 atendimentos, menos 2.891 atendimentos do que em 2007 e menos 7.201 do que em 2006.

 

 

2008

2007

2006

SU Geral C.H.B.A., EPE – Portimão

81.128

82.923

85.978

SU Geral H. C. Faro, EPE

61.276

62.372

63.627

Total SU Geral do Algarve

142.404

145.295

149.605

 

 

Estes resultados verificados no ano de 2008, com o aumento do número consultas prestadas nos Centros de Saúde, em particular das consultas programadas, associados à diminuição dos atendimentos verificados nos Serviços de Urgência do Algarve, quer nos que situam em Hospitais, quer nos que se situam em Centros de Saúde, evidenciam a consolidação dos resultados obtidos em 2007 confirmando os benefícios da reforma dos serviços de saúde em curso (através da criação de Unidades de Saúde Familiar, da requalificação da rede de urgência), demonstrando o empenhamento de todos os profissionais de saúde em prol da melhoria contínua dos serviços.

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão