Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Manuel Villaverde Cabral profere conferência no III Fórum Regional de Saúde do Algarve dedicado à comemoração dos 30 Anos do SNS

frs_algarve.jpgO Prof. Doutor Manuel Villaverde Cabral vai proferir uma Conferência sobre a evolução do Serviço Nacional de Saúde no III Fórum Regional de Saúde do Algarve que irá decorrer no próximo dia 22 de Maio no auditório da Escola Superior de Saúde de Faro. Organizado pela ARS Algarve, IP e Unidade de Comunicação em Saúde, Instituto de Medicina Preventiva, FML, o evento será dedicado à comemoração dos 30 Anos do SNS.

frs_algarve.jpgO Prof. Doutor Manuel Villaverde Cabral vai proferir uma Conferência sobre a evolução do Serviço Nacional de Saúde no III Fórum Regional de Saúde do Algarve que irá decorrer no próximo dia 22 de Maio no auditório da Escola Superior de Saúde de Faro. Organizado pela ARS Algarve, IP e Unidade de Comunicação em Saúde, Instituto de Medicina Preventiva, FML, o evento será dedicado à comemoração dos 30 Anos do SNS.

 

A análise do Serviço Nacional de Saúde no país e na região, os ganhos em saúde verificados nos últimos 30 anos, a evolução recente e as realidades regionais serão alguns dos temas em debate durante o encontro.

 

A Sessão de abertura do III Fórum Regional de Saúde está marcada para as 10:30, seguindo-se um painel dedicado ao tema «Serviço Médico à Periferia», moderado pela jornalista Conceição Branco e contará com a participação da Dra. Valentina Tavares de Sousa (Saúde Pública), Dr. Álvaro Pereira (Medicina Geral e Familiar), Dr. Veloso Gomes (Cardiologia), Dr. José Cabral (Medicina Geral e Familiar), Dra. Ana Vicente (Medicina Geral e Familiar) e Dr. Luís Batalau (Pediatria), que debaterá uma das mais extraordinárias decisões políticas com relevo na saúde dos portugueses, a criação do Serviço Médico à Periferia (1975-1982).

 

Ao inicio da tarde, a Directora do Departamento de Estudos e Planeamento ARS Algarve, IP., Dra. Ana Cristina Guerreiro e o Director do Departamento de Saúde Pública ARS Algarve, IP., Dr. Francisco Mendonça irão abordar a questão dos Ganhos em Saúde verificados nos últimos 30 anos.

 

Ás 16 horas o Prof. Manuel Villaverde Cabral do Instituto Ciências Sociais, UL irá proferir uma Conferência denominada «30 anos SNS – Evolução recente e realidades regionais», sob a moderação do jornalista José Vítor Malheiros.

 

Ao longo dos últimos 30 anos o Serviço Nacional de Saúde, apesar das suas conhecidas limitações, revelou-se com uma poderosa ferramenta de modernização e de desenvolvimento do país, sendo hoje unanimemente aceite como um dos pilares do Estado Social.

 

O progresso verificado nos últimos 30 anos na área da saúde foi extraordinário, no entanto, foi necessário esperar pela Revolução de Abril de 1974, para que o Direito à Saúde se concretizasse, passando a Constituição de 1976 a reconhece-lo como um direito de todos os cidadãos, garantido pelo Serviço Nacional de Saúde, universal, geral e tendencialmente gratuito, concretizado em 1979.

 

A esperança de vida à nascença e a mortalidade no primeiro ano de vida são os principais exemplos do sucesso da implementação do SNS. Em 30 anos a esperança de vida à nascença, passou de 68 anos para 78 anos, isto é mais 10 anos de esperança de vida à nascença e a taxa de mortalidade infantil no 1º ano de vida, passou de 31/1000 em 1974 para 3,4/1000 em 2007.

Consultar: Cartaz

               Programa

 

frs_algarve.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão