rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Ministra da Saúde apresentou Estratégia Vacinal contra a Gripe para 2010/2011

ms_12_dezembro.jpgA estratégia vacinal contra a gripe para 2010/2011 prevê o aumento do número de pessoas vacinadas e a dispensa gratuita da vacina contra a gripe sazonal a um grupo específico de portugueses, anunciou a Ministra da Saúde, Dra Ana Jorge, esta quarta-feira, 4 de Agosto, na conferência da apresentação da Estratégia Vacinal contra a Gripe 2010/2011.

 

 

ms_12_dezembro.jpgA estratégia vacinal contra a gripe para 2010/2011 prevê o aumento do número de pessoas vacinadas e a dispensa gratuita da vacina contra a gripe sazonal a um grupo específico de portugueses, anunciou a Ministra da Saúde, Dra Ana Jorge, esta quarta-feira, 4 de Agosto, na conferência da apresentação da Estratégia Vacinal contra a Gripe 2010/2011.

 

 

 

«Pela primeira vez, um dos grupos mais vulneráveis, com risco acrescido de desenvolver complicações resultantes da infecção gripal, vai receber gratuitamente a vacina trivalente preventiva da gripe sazonal», destacou a Dra Ana Jorge.

Explicando que, «a partir do inicio do próximo Outono, e durante os próximos três anos, as pessoas residentes em lares e/ou internadas em unidades de cuidados continuados, os beneficiários do Complemento Solidário do Idoso, e os profissionais de saúde a prestar serviço nas unidades de Cuidados de Saúde Primários e nos Hospitais vão receber, gratuitamente, a vacina trivalente que confere protecção contra a gripe sazonal».

Esta medida, implementada pelo Ministério da Saúde, «assume especial relevância quando sabemos que, a actividade gripal é responsável, anualmente, por cerca de mil mortes, principalmente nos grupos mais vulneráveis, pessoas com mais de 65 anos de idade, grávidas e doentes crónicos, quando não vacinados», salientou a Ministra da Saúde.

Por outro lado, a Dra Ana jorge lembrou ainda que  «a gripe tem também um impacto social relevante pelo absentismo escolar e laboral que origina custos colaterais significativos, para além do aumento do consumo de recursos em saúde pelas doenças associadas que pode, e deve, ser minimizado através de uma campanha de vacinação», reforçando assim que conta «com a colaboração de todos – comunicação social, profissionais de saúde, cuidadores de pessoas idosas e crianças – para que todas as pessoas com indicação para a vacinação recorram a esta protecção».

Consultar: Intervenção da Ministra da Saúde na apresentação da Estratégia Vacinal contra a Gripe para a época 2010/2011 – 04/08/2010

Fonte: Portal da Saúde

ms_12_dezembro.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão