rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Ministra da Saúde presidiu a cerimónia de entrega de viaturas para Equipas de Cuidados Continuados Integrados da Região do Algarve

ms_rncci_30_dez_2009_3.jpgA Ministra da Saúde, Dra Ana Jorge, presidiu, a 30 de Dezembro, à cerimónia de entrega de 13 viaturas para as Equipas de Cuidados Continuados Integrados Domiciliários da Região do Algarve. Durante a sessão que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho em Portimão foi ainda anunciada a construção da futura Unidade de Cuidados Continuados Integrados da Quinta da Ouriva, na Ladeira do Vau.

 

 

ms_rncci_30_dez_2009_3.jpgA Ministra da Saúde, Dra Ana Jorge, presidiu, a 30 de Dezembro, à cerimónia de entrega de 13 viaturas para as Equipas de Cuidados Continuados Integrados Domiciliários da Região do Algarve. Durante a sessão que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho em Portimão foi ainda anunciada a construção da futura Unidade de Cuidados Continuados Integrados da Quinta da Ouriva, na Ladeira do Vau.

 

 


 

ms_rncci_30_dez_2009_4.jpgCom a entrega destas viaturas pretende-se dotar de maiores condições de mobilidade as Equipas de Cuidados Continuados Integrados já existentes em Monchique, Lagoa, Alcoutim, Lagos e Loulé, permitindo assim melhorar significativamente a prestação de cuidados nestes concelhos. As restantes viaturas, adquiridas no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, irão permitir ainda a constituição de mais sete equipas (Aljezur, Lagos, Portimão, Silves, Loulé, Faro e Vila Real de Santo António) alargando desta forma a capacidade de cobertura nos respectivos concelhos.

 

Desta forma, o Algarve passará a contar com 28 equipas a partir de Janeiro de 2010 que garantem a cobertura total da região. As sete novas equipas vão   aumentar  a capacidade de resposta nesta área dos cuidados continuados, elevando para cerca de 1700 os doentes a receber apoio.

 

ms_rncci_30_dez_2009_2.jpgO programa desenvolvido pelas equipas de Cuidados Continuados Integrados domiciliários permite a manutenção de cidadãos dependentes nos seus domicílios, com as condições sociais e de saúde que garantem uma boa qualidade de vida.

 

O apoio é prestado todos os dias da semana, ao longo de todo o ano, por equipas profissionais que integram enfermeiros, auxiliares, fisioterapeutas, assistentes sociais, médico e psicólogo e que se deslocam tanto nos meios urbanos como em meio rural, mais remoto.

 

O acompanhamento clínico permanente prestado por estas equipas reduz consideravelmente a deslocação aos serviços de urgência destes cidadãos dependentes, que na sua grande maioria é doente. 

 

viaturas_rncci_30_dez_2009.jpgNa Região do Algarve as Equipas de Cuidados Continuados Integrados (domiciliários) iniciaram-se com as experiências piloto em 2006 nos Centros de Saúde de Loulé (4 equipas) e de Silves (2 equipas). De momento, o Algarve dispõe de 21 equipas que apoiam mais de 1500 utentes: Albufeira (1), Alcoutim (1), Faro (2), Lagos (1), Loulé (4), Monchique (1), Olhão (1), Portimão (2), S. Brás de Alportel (1), Silves (2), Tavira (1), Vila do Bispo/Aljezur (1) e de Vila Real de Stº António/Castro Marim (2); Lagoa(1).

 

No decorrer da sessão foi ainda apresentado o projecto e anunciada a construção da futura Unidade de Cuidados Continuados Integrados na Quinta da Ouriva, Ladeira do Vau.

 

ms_rncci_30_dez_2009.jpgEsta será a primeira unidade, de iniciativa privada, a ser construída de raiz na Região do Algarve, tendo por referência o programa funcional do Modelar, sendo o seu promotor o Eng. Horácio Nunes, gerente da Empresa PRO-FN Serviços de Saúde, Lda. A proposta da futura Unidade é funcionar com duas tipologias: Unidade de Média Duração e Reabilitação e Unidade de Longa Duração e Manutenção, sendo que cada uma delas terá uma capacidade de 35 camas, totalizando 70 camas.   

ms_rncci_30_dez_2009_3.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão