rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Ministra da Saúde visitou a Região do Algarve

imagem

A Ministra da Saúde, Dra. Ana Jorge, inaugurou a 29 de Julho a Extensão de Saúde do Ameixial no concelho de Loulé tendo visitado ainda o Hospital Central de Faro onde inaugurou a Unidade de Cirurgia do Ambulatório. Na deslocação ao Algarve, a Ministra da Saúde visitou a 30 de Julho o Centro de Saúde de Monchique e procedeu à inauguração da USF Monchique. No final da visita à região a Ministra da Saúde assistiu à apresentação da Campanha «Mamãs e Papás em Alerta» promovida pelo CHBA.

imagem

A Ministra da Saúde, Dra. Ana Jorge, inaugurou a 29 de Julho a Extensão de Saúde do Ameixial no concelho de Loulé tendo visitado ainda o Hospital Central de Faro onde inaugurou a Unidade de Cirurgia do Ambulatório. Na deslocação ao Algarve, a Ministra da Saúde visitou a 30 de Julho o Centro de Saúde de Monchique e procedeu à inauguração da USF Monchique. No final da visita à região a Ministra da Saúde assistiu à apresentação da Campanha «Mamãs e Papás em Alerta» promovida pelo CHBA.

A Ministra da Saúde iniciou a sua visita de dois dias à região com a deslocação ao interior algarvio para inaugurar a Extensão de Saúde do Ameixial no concelho de Loulé.

 

imagemNo decorrer da inauguração que contou com a presença da Governadora Civil de Faro, Dra Isilda Gomes, do Presidente da Câmara Municipal de Loulé, Dr. Seruca Emidio e do Presidente da Junta de Freguesia do Ameixial, Abílio Sousa, o Presidente da ARS Algarve,IP, Dr. Rui Lourenço destacou «o entendimento com o poder local» como factor essencial para a concretização deste projecto. 

 

Tendo inicialmente estado prevista a construção de raiz do edifício, acabou por ser encontrada uma solução mais sustentável para todos com a proposta do presidente da junta de freguesia local para «a utilização deste espaço devoluto há vários anos, mais central, mais acessível permitindo a requalificação do espaço urbano da povoação indo assim ao encontro das necessidades mas também da sustentabilidade da comunidade», referiu o Dr Rui Lourenço.

 

imagemElogiando a parceria com a autarquia que permitiu a construção desta extensão «utilizando as antigas instalações que eram da casa do povo e tê-las posto ao serviço do Centro de Saúde», a ministra da saúde realçou ainda a importância que a nova extensão de saúde tem para a população que reside nesta pequena freguesia serrana do concelho de Loulé, sublinhando que as novas instalações oferecem «um espaço de saúde que corresponde aquilo que são as necessidades e aquilo que nós podemos conceder e permitir».

 

Situada a cerca de meia centena de quilómetros da sede do concelho com 121,35 km² de área e 466 utentes. Dos 466 utentes 31.97% estão acima dos 75 anos, 10.52% entre os 70-74 anos e 8.15% entre os 65 e os 69 anos., o que significa que 50.6% dos utentes estão acima dos 65 anos. Com menos de 15 anos existem 20 utentes.

 

A extensão do Ameixial, dispõe de dois dias de actividade com apoio de uma equipa constituída por um médico de família, um enfermeiro e um administrativo.

 

A nova extensão representa um investimento total de 140.048.26 €, dos quais 136.751,92 € nas novas instalações.

 

imagemAo final da tarde a Ministra da Saúde visitou o Hospital Central de Faro onde procedeu à inauguração da Unidade de Cirurgia de Ambulatório. Composta por duas salas operatórias, uma sala de preparação do doente, duas salas de recobro, entre outras, a Unidade pretende reduzir as listas de espera e aumentar a comodidade do doente, cuja admissão e alta são efectuadas no mesmo dia.

 

 

A frequente resistência por parte do doente em ser internado aliada à reduzida disponibilidade hospitalar ao nível do internamento, são alguns dos factores que justificam e legitimam a aposta numa unidade que permite a rápida restituição do doente ao seio familiar, com consequentes benefícios sócio-familiares, económicos e psicológicos para o utente.

 

 

Esta redução do tempo de permanência no hospital ao mesmo tempo que contribui para a diminuição do risco de infecção hospitalar, promove um maior envolvimento do doente e da família na recuperação pós-operatória.

 

A Unidade está preparada para intervencionar nas mais diversas especialidades cirúrgicas, desde cirurgia geral, passando pela ortopedia, ginecologia, oftalmologia, entre outras, e encontra-se apetrechada com equipamentos de alta qualidade e segurança.

 

imagemDurante a visita ao Hospital Central de Faro, a Dra Ana Jorge conheceu ainda os espaços recentemente submetidos a acções de requalificação e humanização do piso de internamento de pediatria e do Serviço de Urgência de Obstetrícia/Ginecologia/Bloco de Partos, acções que desenvolvidas na sequência da concretização dos projectos «Agenda2008» e «Geramos Sorrisos», respectivamente.

 

 

Os espaços intervencionados pretendem diferenciar-se do ambiente hospitalar convencional, amenizando os momentos menos bons e contribuindo para a humanização na prestação de cuidados de saúde.

 

 

imagemNo segundo dia da visita ao Algarve, a Ministra da Saúde ficou a conhecer as instalações do Centro de Saúde de Monchique e presidiu à inauguração da Unidade de Saúde Familiar Monchique, a quinta USF a entrar em funcionamento na região do Algarve.

 

Esta Unidade de Saúde Familiar composta por cinco médicos, cinco enfermeiros e cinco administrativos encontra-se instalada na Sede do Centro de Saúde funcionando ainda em dois pólos (Marmelete – quarta – feira das 9 horas às 13 horas) e Alferce – terças -feira e quintas -feira das 9 horas às 13 horas).

 

imagem«Maior proximidade entre os utentes e os respectivos médicos de família, acessibilidade melhorada, atendimento no próprio dia quando necessário, permitindo também que em situação de intersubstituição o médico que avalia o utente de outra lista tenha em sua presença o processo do mesmo o que permitirá tomar decisões de uma forma mais sustentada», são alguns dos benefícios que utentes encontrarão na USF Monchique Coordenadora pelo Dr. Manuel Veloso Júnior.

A USF Monchique é a quinta USF a abrir no Algarve. Prevê-se até ao fim do ano corrente a abertura de duas em Faro (USF Ria Formosa e USF Farol) e ainda uma unidade em Castro Marim/ Vila Real de Santo António (USF Guadiana).

 

No encerramento da sua deslocação ao Algarve, a Ministra da Saúde assistiu ainda à apresentação da Campanha da «Mamãs e Papás em Alerta», promovida pelo Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio com o objectivo de prevenir afogamentos nas crianças.

 

Com o slogan «Água é fonte de vida, não deixe que seja fonte de tragédia», esta campanha institucional lançada pelos profissionais de saúde do Serviço de Urgência do CHBA surge na sequência do crescente número de episódios relacionados com o afogamento de crianças.   

Durante a apresentação a Directora do Serviço de Urgência Pediátrica do CHBA, Dra Helena Drago, explicou que a campanha assenta no contacto directo dos profissionais de saúde com os pais no sentido da sensibilização para esta causa e alertando para a prevenção e vigilância.

No âmbito da campanha serão realizadas sessões de esclarecimento em infantários e creches do concelho de Portimão e ainda a difusão electrónica do poster da campanha em diversos empreendimentos turísticos do Barlavento.

 

imagem A Ministra da Saúde salientou que «nunca são demais» este tipo de campanhas que alertam para o problema real, lembrando que, como pediatra, entende «o sentimento de impotência» dos profissionais de saúde do Serviço de Urgência perante estes casos.  No entender da Dra Ana Jorge o  afogamento de crianças em piscinas «é um motivo de grande revolta, porque são mortes evitáveis», considerando todos «responsáveis ao não evitarem e descurarem a vigilância no acesso das crianças às piscinas».

 

No âmbito desta Campanha de Prevenção será promovida nos dias 2 e 3 de Agosto no Centro Comercial Continente de Portimão, uma acção de sensibilização com posters e informação alusiva ao tema difundida por profissionais de enfermagem do Serviço que estarão disponíveis a prestar quaisquer esclarecimentos relacionados com esta causa.

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão