rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Núcleo Hospitalar de Apoio a Crianças e Jovens em Risco promove I Semana da Não-Violência

 «Sensibilizar para Responsabilizar» é o mote da I Semana da Não-Violência promovida pelo Núcleo Hospitalar de Apoio a Crianças e Jovens em Risco do Hospital de Faro (NHACJR), a decorrer entre os dias 1 e 5 de Junho.

 

Sob impulso do Dia Mundial da Criança e do Dia Internacional das Crianças Inocentes Vítimas de Agressão, assinalados a 1 e 4 de Junho, respectivamente, o programa da semana oferece um vasto leque de iniciativas centradas na infância, seja numa vertente lúdica e pedagógica, com a realização de actividades dirigidas aos mais novos, ou através de sessões públicas onde se pretende sensibilizar para o dever socialmente partilhado de se assegurar o respeito dos seus direitos.

 

«Crianças e Jovens em Risco: Identificar e Encaminhar», «Violência em Contexto Escolar», «Mas, como é que se Ensina com o Coração?» ou ainda «Segurança Infantil Rodoviária» são alguns dos temas das oficinas de formação promovidas ao longo da semana.

 

Do programa constam também acções de esclarecimento sobre «Segurança Infantil», desenvolvidas diariamente, entre as 17:00 e as 20:00 horas, junto ao Serviço de Urgência de Pediatria, por uma equipa de técnicos do Hospital.

 

Um dos pontos altos do evento é o Seminário que decorre no dia 4, no auditório do Hospital, onde para além das experiências do NHACJR e da Associação e Amigos da Criança e Família «Chão dos Meninos», que abordarão temas como a «Gravidez na Adolescência: alguns riscos associados» ou o «Perfil do Abusador», reservando-se ainda um espaço destinado ao debate.

 

Todas as actividades são de participação livre, exceptuando-se o Seminário e a oficina de formação «Os Perigos da Internet», ambas sujeitas a inscrição até ao dia 28 de Maio.

 

Para mais informações contactar o secretariado do NHACJR através dos telefones 289 001 932 / 919 893 578. 

 

Consultar:imagem Programa

 

Fonte: Hospital de Faro

 «Sensibilizar para Responsabilizar» é o mote da I Semana da Não-Violência promovida pelo Núcleo Hospitalar de Apoio a Crianças e Jovens em Risco do Hospital de Faro (NHACJR), a decorrer entre os dias 1 e 5 de Junho.

 

Sob impulso do Dia Mundial da Criança e do Dia Internacional das Crianças Inocentes Vítimas de Agressão, assinalados a 1 e 4 de Junho, respectivamente, o programa da semana oferece um vasto leque de iniciativas centradas na infância, seja numa vertente lúdica e pedagógica, com a realização de actividades dirigidas aos mais novos, ou através de sessões públicas onde se pretende sensibilizar para o dever socialmente partilhado de se assegurar o respeito dos seus direitos.

 

«Crianças e Jovens em Risco: Identificar e Encaminhar», «Violência em Contexto Escolar», «Mas, como é que se Ensina com o Coração?» ou ainda «Segurança Infantil Rodoviária» são alguns dos temas das oficinas de formação promovidas ao longo da semana.

 

Do programa constam também acções de esclarecimento sobre «Segurança Infantil», desenvolvidas diariamente, entre as 17:00 e as 20:00 horas, junto ao Serviço de Urgência de Pediatria, por uma equipa de técnicos do Hospital.

 

Um dos pontos altos do evento é o Seminário que decorre no dia 4, no auditório do Hospital, onde para além das experiências do NHACJR e da Associação e Amigos da Criança e Família «Chão dos Meninos», que abordarão temas como a «Gravidez na Adolescência: alguns riscos associados» ou o «Perfil do Abusador», reservando-se ainda um espaço destinado ao debate.

 

Todas as actividades são de participação livre, exceptuando-se o Seminário e a oficina de formação «Os Perigos da Internet», ambas sujeitas a inscrição até ao dia 28 de Maio.

 

Para mais informações contactar o secretariado do NHACJR através dos telefones 289 001 932 / 919 893 578. 

 

Consultar:imagem Programa

 

Fonte: Hospital de Faro

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão