rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

O Descanso do Cuidador nos Cuidados Continuados

imagem

O Descanso do Cuidador criado no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados possibilita o internamento, em situações temporárias, decorrentes de dificuldades de apoio familiar ou necessidade de descanso do principal cuidador. No Algarve, as Unidades de Longa Duração e Manutenção disponibilizam uma vaga por cada Unidade para dar resposta às solicitações no âmbito do descanso do cuidador.

 

imagem

O Descanso do Cuidador criado no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados possibilita o internamento, em situações temporárias, decorrentes de dificuldades de apoio familiar ou necessidade de descanso do principal cuidador. No Algarve, as Unidades de Longa Duração e Manutenção disponibilizam uma vaga por cada Unidade para dar resposta às solicitações no âmbito do descanso do cuidador.

 

 

Tendo como ponto de referência a vontade das famílias em cuidarem e manterem os seus familiares junto de si, a modalidade do Descanso do Cuidador apresenta-se como uma oportunidade de descansarem, permitindo ainda não descurarem a sua própria saúde física e mental, determinante no cuidado ao outro.

 

Assim sendo, foi a pensar nas necessidades pessoais do cuidador principal, tais como a necessidade de descanso pessoal (férias), questões de saúde, por exemplo situações em que o cuidador principal precise de programar e ser submetido a uma intervenção cirúrgica, exames ou tratamentos médicos, que surgiu a modalidade do Descanso do Cuidador, no âmbito da RNCCI, possibilitando que neste período o seu familiar disponha dos cuidados de saúde e de apoio social adequados numa das vagas disponíveis para o internamento do mesmo.

 

A Região do Algarve dispõe, até ao momento, de 6 Unidades de Longa Duração e Manutenção (Vila Real de Santo António, Faro, Albufeira, Algoz, Silves e Estombar), que disponibilizam uma vaga por cada unidade.

 

Tendo em consideração as necessidades existentes, pratica-se o descanso do cuidador por períodos máximos de 30 dias de internamento, podendo ir até 90 dias por ano.

 

A principal entidade referenciadora para as Unidades de Longa Duração e Manutenção, na vertente do descanso do cuidador, são as Equipas de Cuidados Continuados Integrados domiciliários dos Centros de Saúde dado que detêm um conhecimento mais holístico não apenas da situação de saúde do utente mas de igual modo da situação familiar do mesmo e das necessidades no âmbito deste contexto familiar.

 

A admissão nas unidades, neste contexto, tem de ser devida e antecipadamente programada devido às múltiplas solicitações de modo a que se possa coordenar as mesmas no sentido de dar a melhor e maior resposta possível.

 

Ver Reportagem RTP: Descanso do Cuidador no Algarve

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão