rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

OMS e ONU reuniram-se com fabricantes de vacinas

imagemNo dia 19 Maio a Directora-Geral da OMS, Dra. Margaret Chan e o Secretário-Geral das Nações Unidas Ban Ki-moon reuniram com mais de 30 fabricantes de vacinas dos países desenvolvidos e em vias de desenvolvimento na sede da OMS em Genebra.

 

imagemNo dia 19 Maio a Directora-Geral da OMS, Dra. Margaret Chan e o Secretário-Geral das Nações Unidas Ban Ki-moon reuniram com mais de 30 fabricantes de vacinas dos países desenvolvidos e em vias de desenvolvimento na sede da OMS em Genebra.

 

 

Na reunião, tanto a Directora-Geral da OMS como o Secretário-Geral das Nações Unidas, realçaram a necessidade de assegurar que uma eventual vacina contra a Gripe A (H1N1) fosse disponibilizada a todos os países, num espírito de justiça e equidade, e convidaram os fabricantes a continuar a trabalhar com a OMS e a ONU para concretizarem essa estratégia. Os representantes da indústria confirmaram a sua vontade em cooperar para disponibilizar a vacina a todos os países em vais de desenvolvimento, e disseram que estavam prontos a produzir a vacina, logo que fosse solicitado.

  

Na conferência de imprensa do final do dia, a Dra. Margaret Chan afirmou que «temos um compromisso muito sério com as empresas no Norte e no Sul para trabalhar com a OMS», acrescentando que a capacidade do Secretário-Geral da ONU para mobilizar recursos era «extremamente importante quando o mundo está sob a ameaça iminente de uma pandemia». A OMS juntamente com a ONU e outros membros da comunidade global, têm de trabalhar em conjunto para encontrar mecanismos de financiamento inovadores que garantam que os países em desenvolvimento não sejam impedidos de aceder à vacina, por razões económicas.

A Dra. Margaret Chan, disse na conferência de imprensa que a OMS, apesar de não ser uma agência de financiamento, deve trabalhar para advogar a favor dos pobres, «Em nome da solidariedade, é necessário que a indústria faça chegar os medicamentos e a vacina a todos», continuando «vamos procurar vários mecanismos para certificar-nos que as comunidades e os países pobres não fiquem de fora».

Na resposta a uma pergunta sobre uma eventual mudança nos critérios para a mudança das fases de alerta pandémico, a Dra. Margaret Chan explicou que as definições das actuais fases de alerta pandémico de gripe da OMS foram desenvolvidas tendo como pano de fundo a Gripe Aviaria. A Gripe A (H1N1) tem um quadro clínico muito diferente, apresentando até agora um quadro mais leve e auto-limitado que o da Gripe Aviaria que teve uma taxa de mortalidade de 50% a 60%. Informou ainda que durante o decorrer da Assembleia Mundial da Saúde, vários Estados-membros tinham solicitado que a OMS reflectisse sobre outros critérios para além dos geográficos antes de decidir passar à Fase 6., terminado por afirmar que o nível de alerta pandémico está actualmente na fase 5.

Mais informações: Directora-Geral da OMS, Dr. Margaret Chan e o Secretário-Geral das Nações Unidas Ban Ki-moon

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão