Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Plano de Contingência Regional para Ondas de Calor 2008 arrancou a 15 de Maio

imagem ilustrativa

O Plano de Contingência Regional para Ondas de Calor 2008 da Administração Regional da Saúde do Algarve, I.P. arrancou a 15 de Maio na região algarvia. O Plano estará em vigor até 30 de Setembro, período durante o qual são maiores as probabilidades de acontecerem picos de temperatura excessivas cujas repercussões no estado de saúde das populações mais vulneráveis se pretende reduzir o mais possível.

imagem ilustrativa

O Plano de Contingência Regional para Ondas de Calor 2008 da Administração Regional da Saúde do Algarve, I.P. arrancou a 15 de Maio na região algarvia. O Plano estará em vigor até 30 de Setembro, período durante o qual são maiores as probabilidades de acontecerem picos de temperatura excessivas cujas repercussões no estado de saúde das populações mais vulneráveis se pretende reduzir o mais possível.

 

O Plano de Contingência Regional é um instrumento estratégico que tem como finalidade a promoção da protecção da saúde da população contra os efeitos de uma Onda de calor, através do qual as pessoas serão informadas sobre os níveis de alerta e das medidas a ter em conta para minimizar os efeitos sentidos em períodos de altas temperaturas.

 

Os objectivos gerais deste Plano passam por minimizar os efeitos e a exposição da população em geral e dos grupos vulneráveis, assegurando a resposta dos Serviços de Saúde.

 

Neste sentido, tendo em conta a tomada de consciência dos efeitos adversos do excesso de calor na saúde pública, a ARS Algarve, I.P. irá desencadear a implementação de um Plano de Contingência Regional (PCR) dotado de um Sistema de Previsão e Alerta e com a participação e mobilização de outras instituições com responsabilidade na protecção das populações.

 

 O Sistema de Previsão e Alerta será activado pelo período entre 15 de Maio e 30 de Setembro, durante o qual será feita a avaliação diária do risco com base na monitorização diária de vários parâmetros (Temperaturas máx., humidade, Índice U.V., Índice ICARO, etc) e posterior emissão dos níveis de alerta.

 

Este sistema contempla três níveis de alerta, o Verde, o Amarelo e o Vermelho.

– Alerta Verde: situações de temperaturas normais para a época do ano.

-Alerta Amarelo: Em caso de temperaturas elevadas que poderão provocar efeitos na saúde.

-Alerta Vermelho: Quando se registam e prevêem temperaturas muito elevadas que poderão trazer graves problemas para a saúde.

 

Para cada nível de Alerta estão contempladas várias medidas e intervenções ajustadas a cada um deles. Por exemplo, numa situação de Alerta Vermelho, para além de se assegurar a capacidade de resposta das unidades prestadoras de cuidados de saúde e o acompanhamento de grupos mais vulneráveis, serão activados os locais de abrigo concelhios.

 

No âmbito do Plano de Contingência para Ondas de Calor 2008, a ARS Algarve, I.P. irá ainda disponibilizar, durante este período, na sua página da Internet, bem como às diversas instituições regionais, informações e conselhos úteis dirigidos aos vários grupos que deverão ser alvo de um cuidado especial, tais como as pessoas idosas, acamadas, pessoas que vivem isoladas, doentes crónicos e crianças, assim como a população em geral.

 

Conselhos úteis:

imagemActividades Desportivas(107Kb)

 

imagemApoio Domiciliário(110Kb)

 

imagemCreches(108Kb)

 

imagemDesporto ao Ar Livre(105Kb)

 

imagemLares(112Kb)

 

imagemMedidas em caso de Emergências Médicas(124Kb)

 

imagemRecomendações para Crianças; Jovens e Idosos(2.27Mb)

 

Circulares DGS:

No âmbito do Plano de Contingência para Ondas de Calor (PCOC) 2008, foram revistas as circulares informativas da DGS: n.º 16/DA, de 18-07-2007 (Creches), n.º 17/DA, de 18-07-2007 (Idosos), n.º 18/DA, de 18-07-2007 (Trabalhadores), n.º 19/DA, de 18-07-2007 (Sem abrigo) e n.º 24/DA, de 9-8-2007 (Turistas), devendo ser revogadas e substituídas pelas seguintes circulares:

 

imagemCircular Informativa nº 22/DA de 08/08/2008 – Plano de Contingência para as Ondas de Calor 2008 – Recomendações para turistas.

 

imagemCircular Informativa nº 23/DA de 08/08/2008 – Plano de Contingência para as Ondas de Calor 2008 – Recomendações para creches e infantários.

 

imagemCircular Informativa nº 24/DA de 08/08/2008 – Plano de Contingência para as Ondas de Calor 2008 – Recomendações para estabelecimentos de acolhimento de idosos.

 

imagemCircular Informativa nº 25/DA de 08/08/2008 – Plano de Contingência para as Ondas de Calor 2008 – Recomendações para responsáveis pelo apoio a pessoas sem abrigo.

 

imagemCircular Informativa nº 26/DA de 08/08/2008 – Plano de Contingência para as Ondas de Calor 2008  – Recomendações para trabalhadores.

 

imagemCircular nº 21/A de 07/08/2008 – Plano de Contingência para as Ondas de Calor – 2008- Recomendações sobre vestuário apropriado em períodos de temperaturas elevadas

imagemCircular nº 29/DA de 18/8/2008 – Plano de Contingência para as Ondas de Calor 2008 – Recomendações para insuficientes renais

imagem ilustrativa
Voltar
RSE - Area Cidadão