rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Prática clínica em função do paciente

Encontro de internos e orientadores MGF reuniu dezenas de participantes em Vilamoura

Encontro Regional de Internos e Orientadores MGF do Algarve Realizou-se no dia 30 de maio, a sexta edição do Encontro Regional de Internos e Orientadores de Medicina Geral e Familiar (MGF) do Algarve, organizado pela Coordenação do Internato Médico de Medicina Geral e Familiar do Sul (Direção Internato MGF – Algarve), no Fórum D. Pedro em Vilamoura. O encontro de 2013, promoveu a discussão e exemplificação de casos práticos entre colegas sobre a importância da prevenção quaternária, no sentido de evitar a sobremedicalização dos pacientes, baseando a avaliação na experiência clínica, nos valores do doente, e numa base sólida de evidências científicas, tendo-se realizado ainda workshops sobre a urgência-emergência e o tratamento da dor crónica em doentes com doença avançada.

Na sua intervenção na sessão inaugural, o Presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve, Dr. Martins dos Santos, salientou a importância de «não intervir por defeito nem por excesso» na prática médica. «É fundamental não sobrediagnosticarmos nem sobremedicarmos o paciente. Temos sempre de ter isso presente na nossa prática, e ponderar, o que é o mais importante para o doente», sublinhou.

Encontro Regional de Internos e Orientadores MGF do Algarve, Dr. Martins dos SantosO dirigente felicitou, ainda, a organização pelo seu «dinamismo» e pelo «estímulo» que este tipo de encontros proporciona tanto aos jovens médicos como aos orientadores de formação. «É fundamental para a nossa vida adulta médica», realçou, acrescentando que a noção prática e real» adquirida nos workshops promove as aprendizagens a todos os envolvidos.

A Coordenadora de Internato Médico da especialidade de Medicina Geral e Familiar, Dr.ª Helena Boavida, salientou que a partilha de experiências e a apresentação de trabalhos dos internos acontecem com regularidade ao longo do ano entre os 50 internos e os 40 médicos orientadores, pertencentes às cinco equipas de internos orientadores em Loulé, Albufeira, Faro, Olhão e Portimão, que reúnem em «grupos mais pequenos e nos locais de trabalho», algo que também acontece só entre orientadores, para manterem a dinâmica constante.

O Encontro anual juntou todas estas equipas com o intuito de, em conjunto, partilharem vivências no âmbito clínico e passarem da teoria à prática através de workshops.

«Nesta edição acabamos por trazer alguma competência em áreas chave do nosso dia-a-dia enquanto médicos de família, e acho que é uma mais-valia. Os coordenadores de cada workshop prepararam o material e a bibliografia de apoio e os sites de referência, segundo as últimas evidências, para que isto não seja só algo que se vivencia neste dia, mas algo que possa ser usado na prática diária», contou Dr.ª Helena Boavida.

Encontro Regional de Internos e Orientadores MGF do Algarve A apresentação de resumos de trabalhos científicos foi outro momento importante do Encontro. «A elaboração de trabalhos não é só uma questão de ter que fazer trabalhos. É uma questão também de atitude e postura na prática clínica. Se nós nos questionarmos e querermos aprender mais, evoluirmos, melhorarmos enquanto clínicos», realçou Dr.ª Helena Boavida.

Realizada anualmente, desde 2007, esta reunião integrada na formação dos internos de Medicina Geral e Familiar, junta orientadores e internos de Medicina Geral e Familiar na Região do Algarve com objetivo de fomentar a partilha de trabalhos e debate de temas importantes no contexto da formação.

Encontro Regional de Internos e Orientadores MGF do Algarve
Voltar
RSE - Area Cidadão